sexta-feira, 21 de julho de 2017

Abertos os Jogos de Verão em Imperatriz

Aconteceu na noite de quarta-feira (19), na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), em Imperatriz, a abertura dos Jogos de Verão 2017.
O evento, patrocinado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Estado do Esporte e Lazer (Sedel), através da Lei de Incentivo ao Esporte e Cultura, contou com a presença de várias autoridades, entre elas o secretário de estado da Sedel, Márcio Jardim, o deputado estadual, Marcos Aurélio, o vereador, Carlos Hermes, secretário de estado de Articulação Política da Região Tocantina, Adonilson Lima, a secretária municipal de Esporte, Lazer e Juventude (Sedel) Greycivane Lindoso, o presidente da Fundação Cultural de Imperatriz, José Carneiro (Buzuca), o Instituto Legal de Cultura, Emídio Bezerra, entre outras autoridades.
De início a banda de música do 50º BIS executou o Hino Nacional, com a presença das equipes, que participaram da primeira rodada do Beach Soccer. Algumas das autoridades fizeram o uso da palavra e enalteceram a realização dos Jogos de Verão, com destaque especial ao Governo do Estado, do Grupo Mateus, parceiro no projeto, além do Instituto Legal de Cultura e da Fundação Cultural.
O secretário de estado, Márcio Jardim, elogiou o evento. – “Imperatriz está de parabéns pela realização dos Jogos de Verão. A abertura não deixa a desejar a nenhum outro evento realizado pelo Governo do Estado. Quero parabenizar o Márcio Papel pelo seu empenho, dedicação e amor pelo que faz. Assim como ao Emídio, do Instituto Legal de Cultura e da Fundação Cultural de Imperatriz, na pessoa do Buzuca. Vocês estão de parabéns” – disse o secretário. E finalizou passando alguns dados. – “Os Jogos de Verão, patrocinado pelo Governo do Estado, com a parceria do Grupo Mateus, esse parceiro de todas as horas e momentos, atende a mais de 1.200 atletas, oferecendo mais de 120 empregos diretos. Portanto é uma ação louvável do governador Flávio Dino” – finalizou Márcio Jardim.
Após a fala das autoridades, aconteceu o pontapé inicial dos Jogos de Verão com a modalidade Beach Soccer. Os secretários de esporte do estado e do município deram o pontapé juntos. Em seguida, a banda Baião de Dois tocou muito Pé de Serra na primeira noite cultural. A modalidade de Beach Soccer acontece de 19 a 30 de julho, quando acontece a final na AABB. Na oportunidade, a atração musical será Negrine, a partir do meio dia.

Governador trata de investimentos para geração de emprego em reunião com embaixador da China

Com o objetivo de continuar o diálogo para prospecção de investimentos estrangeiros que visem a geração de emprego e renda no Maranhão, o governador Flávio Dino se reuniu com o embaixador da China no Brasil, Li Jinzhang, na embaixada do país, em Brasília. Durante o encontro, foi reforçado o desejo do Governo do Estado no seguimento do apoio a acordos de cooperação para projetos de iniciativas dos chineses no Maranhão.
Desde o início de 2015, o governador Flávio Dino e o vice-governador Carlos Brandão estão constantemente reunidos com autoridades e empresários chineses mostrando disposição e interesse na concretização de projetos que alavanquem o desenvolvimento econômico e a geração de emprego no Maranhão. “Temos avançado muito nesse diálogo. O objetivo é melhorar ainda mais os números positivos de emprego no estado”, destacou Flávio Dino.

Para Li Jinzhang, o Maranhão é um estado que tem grande potencial de desenvolvimento, pois possui território amplo, dispõe de recursos naturais, é rico em recursos hídricos e está geograficamente perto da Europa, América do Norte, Caribe e América Central. “Agradeço a sua contribuição para a cooperação nos investimentos, pelo seu entusiasmo e dedicação neste sentido”, disse o embaixador ao governador Flávio Dino.O governador enfatizou que a visita ao embaixador da China no Brasil faz parte da política de diálogo com o país para a atração de investimentos, que este mês deu importantes passos com a presença de Carlos Brandão no país por mais de 10 dias. Na ocasião, o vice-governador assinou com os chineses contratação de serviços para a viabilização de uma siderúrgica na cidade de Bacabeira, e conversou com grandes empresários e investidores que atuam nos ramos da infraestrutura, novas tecnologias, turismo e agronegócios.

A deputada federal Luciana Santos, de Pernambuco, participou da reunião e realçou a importância e disposição de estreitar cada vez mais os laços do Brasil com a China. “Temos isso como premissa importante da ação política, que são as relações internacionais, como pressuposto importante da soberania dos povos e de paz no mundo”, pontuou.
Geração de empregos
Os investimentos estrangeiros fazem parte do reforço para os esforços que o Governo do Estado vem envidando para a geração de emprego e superação da aguda crise econômica que assola o Brasil.
A ideia é que os investimentos chineses impulsionem o setor de empregos e se somem a outras iniciativas  como as obras de infraestrutura e o aumento da atividade agrícola que foram  os principais responsáveis pela geração de 1.531 novos postos de trabalho no estado no último mês, o segundo a ter crescimento consecutivo.

Cirurgião nigeriano faz estágio profissional no HU-UFMA


Brasil foi escolhido pelo perfil epidemiológico semelhante dos pacientes cardiopatas

Visando o treinamento em serviço e a troca de experiências, o cirurgião cardiotorácico Ndubueze Ezemba, da Nigéria (África), passou os últimos três meses em estágio profissional no HU-UFMA. O médico africano escolheu o Brasil para a atualização na área devido a semelhança entre o perfil epidemiológico dos pacientes cardiopatas dos dois países. O estágio profissional foi supervisionado pelo professor doutor Vinicius da Silva Nina e contou com o apoio de toda a equipe do Serviço de Cirurgia Cardíaca do HU-UFMA. 

Ezemba destacou a oportunidade do treinamento, uma vez que o seu país possui muitas restrições políticas, sociais e financeiras, o que compromete o desenvolvimento da assistência cardiovascular. “Esses dias que passei aqui foram essenciais para o desenvolvimento de algumas técnicas cirúrgicas, a exemplo, da nova forma de cuidado com a proteção cardíaca na cirurgia de válvula mitral e o aprendizado da cirurgia de válvula aórtica”, ressaltou.   

O cirurgião disse ainda ter ficado muito impressionado com a cobertura do sistema público de saúde no Brasil por ser bem mais abrangente que na África, onde o paciente precisa desembolsar, no mínimo, 15 mil reais para fazer uma cirurgia cardíaca de correção de comunicação de interatrial. “Levo de ensinamento, além de mais conhecimento técnico, uma cultura diferente em que a equipe discute estratégias de trabalho em conjunto. Embora não entendendo bem o português, observei bastante e pude verificar que as equipes trabalham com respeito, sem relacionamentos abusivos e atritos importantes, que os profissionais trabalham com paixão”, frisou.

Para a gerente de Ensino e Pesquisa do HU-UFMA, Rita Carvalhal, o estágio profissional “é muito importante para o compartilhamento de informação, de técnicas e de experiências, gerando assim mais conhecimento”. A superintendente do HU-UFMA, Joyce Lages, declarou estar feliz com as impressões relatadas pelo cirurgião. “Às vezes, é necessário vir alguém de fora do nosso país para nos abrir os olhos e nos mostrar que não estamos tão longe assim como imaginamos. E que apesar de todas as dificuldades conseguimos oferecer à população uma assistência de qualidade”.

Ndubueze Ezemba é professor sênior do Departamento de Cirurgia da University of Nigeria Nsukka e ex-reitor associado da Faculty of Medical Sciences of the University of Nigeria.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

“Já que há necessidade, por que não nomear os concursados?”, diz deputado Wellington em audiência com o Ministério Público sobre aprovados de Anapurus

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) esteve, na manhã desta quinta-feira (20), no município de Brejo. O objetivo da visita foi entregar ofício à Promotora titular da Comarca, Herlane Carvalho, que atende às demandas de Anapurus. A solicitação remete à cobrança de um posicionamento do Ministério Público quanto à nomeação dos aprovados no último concurso do município.
Durante a reunião, Wellington, que já realizou uma audiência pública no município, reafirmou o seu compromisso com os aprovados no concurso público.
“Inicialmente, os aprovados no concurso de Anapurus visitaram o nosso gabinete na Assembleia e solicitaram que fosse realizada uma audiência pública. Realizamos a audiência, coletamos dados e informações e apresentamos ao Ministério Público as denúncias em maio. Voltamos aqui para solicitar uma resposta, já que, até o presente momento, não houve nomeação alguma. Já que há necessidade, por que não nomear os concursados? Por que contratar de forma sucessiva? Nosso compromisso é com cada um de vocês que estudou, se dedicou e obteve a aprovação”, pontuou Wellington.
No Judiciário, a titular da Comarca de Brejo, a juíza Conceição Rêgo, tem concedido parecer favorável aos mandados de segurança impetrados por aprovados, deixando claro que é direito de cada um ser nomeado.
“(…) não seria mais razoável que se contratasse temporariamente aqueles que, em tese, seriam mais aptos a exercerem as funções? Ou seja, os APROVADOS, já que impossível que se atribua a todos eles a partição em fraudes?”, afirma a juíza em decisão expedida no dia 13 de julho de 2017.

Governo realiza encontro com gestores municipais sobre política de igualdade racial


O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Igualdade Racial, promove uma série de encontros com os gestores e gestoras responsáveis por articular e implementar a política de igualdade racial (PIR) nos municípios maranhenses. Os encontros têm por objetivo fortalecer a gestão local da política, discutir estratégias de organização da PIR enquanto gestão pública e a necessidade de inserção dos municípios no Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir).
Nos municípios do Estado, o órgão gestor da PIR é uma secretaria, coordenação ou departamento, ligados a alguma secretaria municipal, geralmente a de Assistência Social ou Cultura, no caso das duas últimas instâncias. Ocorre que esses organismos gestores por vezes não têm um funcionamento regular, o que traz desvantagens para o município.
O secretário estadual de Igualdade Racial, Gerson Pinheiro, esclarece ser fundamental que a gestão municipal da política de igualdade racial esteja bem organizada. “O fortalecimento da PIR nos municípios se dá na medida em que a gestão local esteja organizada para que as ações surtam efeito, levando as políticas públicas ao alvo, que são a população negra e as comunidades tradicionais”.
Para o correto funcionamento da gestão municipal é necessária a criação do organismo executivo gestor da PIR, podendo ser secretaria, coordenação ou departamento, com servidor nomeado para a função, equipe técnica e condições administrativas para funcionar. Necessário também é a instituição da política no município por lei aprovada na Câmara de Vereadores, existência legal do Conselho Municipal de Promoção da Política de Igualdade Racial, com nomeação dos conselheiros e funcionamento regular do órgão, ter em execução o Plano Municipal de Promoção da Igualdade Racial ou o plano de ações anual e participação no fórum estadual dos gestores municipais da PIR.
“Tudo isso é requisito para que os municípios possam fazer adesão ao Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial e poder acessar as chamadas públicas dos governos federal e estadual”, reforça Pinheiro.
O sistema descrito por Pinheiro foi instituído pelo artigo 47 da lei federal 12.288/2010 e visa descentralizar e tornar efetivas as políticas públicas para o enfrentamento ao racismo e a promoção da igualdade racial no país.
A gestora de igualdade racial de Vargem Grande, Rosilene Rocha, relata a importância do encontro. “É muito importante que o secretário Gerson Pinheiro e sua equipe venha  para dialogar com os gestores, explicar e tirar as dúvidas de cada gestor, pois isso nos fortalece cada vez mais”.
Nesta semana, o encontro com os gestores foi realizado nas regionais de Itapecuru-Mirim e Pinheiro, sendo as próximas em Bacabal (dia 25), Codó (27), Imperatriz (1º), Balsas (3), São Luís (10).

Cézar Bombeiro e Comunidade criam curso preparatório gratuito para concurso da PM



Foram iniciadas esta semana as aulas do curso preparatório ao concurso para soldado da Policia Militar, iniciativa do vereador Cézar Bombeiro em parceria com a Associação Adores e o Instituto Desperta Liberdade. Inicialmente funcionará o turno da noite e até o inicio do mês de agosto serão iniciadas as aulas para os alunos que optaram pelo vespertino. Todos os alunos não pagarão nada, além de terem direito as apostilhas, diz Cézar Bombeiro, registrando que existem muitos jovens tanto homens como mulheres que tentam fazer cursos preparatórios para concursos, mas infelizmente na maioria das vezes não dispõem de recursos necessários para terem acesso aos cursinhos preparatórios. Conheço a realidade do meu bairro – a Liberdade e sei que existe muita gente que tem aspiração em mudar de vida e que vêm na Policia Militar um caminho para construírem as suas vidas futuras, destaca o vereador.
O curso preparatório foi bem recebido pela comunidade e ainda este ano, o vereador espera instalar na comunidade um curso preparatório ao exame vestibular. É um tanto difícil, mas por acreditar e ter plena convicção de que é pela educação que se forma cidadania e se abre portas para um futuro promissor, não desistirei de lutar por transformações, tendo como base o desejo de fazer o melhor pela minha comunidade, afirmou o vereador Cézar Bombeiro.

Informativo da Câmara Municipal de São Luís Publicado em 20 de julho de 2017 às 17:46 | Comentar


Zé Inácio prestigia abertura do 17º Festival da Cultura Popular de Fortuna


O deputado Zé Inácio esteve na última terça-feira (18) no município de Fortuna prestigiando a abertura do 17º Festival da Cultura Popular, que terminou nesta quinta-feira (20). A abertura do evento contou com apresentações de grupos culturais da cidade.
Em seu discurso o deputado ressaltou a importância deste evento, pois valoriza a cultura popular da região, além de movimentar o turismo no município. Ele também parabenizou o prefeito Arlindo Filho pela iniciativa em manter o festival, que já é tradição na região e pela excelente gestão que vem realizando.
Também estiveram prestigiando o festival os vereadores, Josa, Manin do Aníbal, Nenzão e Gildo, além do secretário de educação do município, Lindomar.

Lula: Moro foi até bonzinho e me deixou com a perua de 1982


Em entrevista no programa de José Trajano no Youtube, com a participação também dos jornalistas Juca Kfouri e Antero Grecco, o ex-presidente Lula comentou nesta quinta-feira 20 a decisão do juiz Sergio Moro que confiscou R$ 606 mil de suas contas bancárias, todos os imóveis e dois veículos; "O Moro foi condescendente comigo porque ele me deixou a perua de 1982. Inclusive ela até foi roubada. Espero que eles achem ela", ironizou; na conversa, Lula disse também que quando chegou à presidência "tinha uma obsessão que era provar que poderia governar melhor que a elite que vinha sendo governo"; assista ao vivo .
247 - Em entrevista concedida ao programa Na Sala do Zé, do jornalista José Trajano, com a participação ainda de Juca Kfouri e Antero Grecco, o ex-presidente Lula comentou nesta quinta-feira 20 a decisão do juiz Sergio Moro que confiscou R$ 606 mil de suas contas bancárias, todos os imóveis e dois veículos.
"O Moro foi condescendente comigo porque ele me deixou a perua de 1982. Inclusive ela até foi roubada. Espero que eles achem ela", ironizou.
Na conversa, Lula disse também que quando chegou à presidência "tinha uma obsessão que era provar que poderia governar melhor que a elite que vinha sendo governo". "As pessoas não respeitam você pelo seu tamanho e sim pelo seu caráter. Ou tem ou não tem", afirmou.
Lula falou ainda sobre a política externa de seu governo: "Quando voltei de Davos pela primeira vez falei para o Celso Amorim [então ministro das Relações Exteriores]: nós vamos mudar a geopolítica desse negócio". "Lembro da minha primeira reunião no G8, todo mundo levantou quando o Bush chegou. Eu não. Pois ele foi lá e sentou na nossa mesa", acrescentou.
O petista disse estar "pensando em criar um grupo de trabalho para analisar os efeitos nefastos da reforma trabalhista no país". Questionado por que não fez uma reforma política em seu governo, o ex-presidente respondeu que os parlamentares não querem mudar o status quo e lembrou que "quem tem que fazer a reforma política não é o presidente, são os partidos, através de seus deputados".
Perguntado se "o PT errou", uma vez que Lula é hoje o candidato com maior rejeição, depois de ter deixado a presidência com mais de 80% de avaliação positiva, o ex-presidente afirmou que "o PT errou porque tinha nascido para mudar o jeito de fazer política", mas "não fez nada diferente do que já vinha sendo feito desde sempre na política". "Nosso erro não chega a 10% do que eles falam", disse.
"Acontece que eles querem acabar com o PT", acrescentou. "Truncaram a democracia e querem truncar a possibilidade de o PT voltar", denunciou. Ele destacou também que "ninguém nesse país, nem Prestes, sofreu o massacre que" ele sofre.
Ao falar sobre o governo Dilma, Lula criticou o programa de desonerações. "Faltou compreensão de que, independentemente das eleições, você deveria parar de desonerar", disse. Segundo o ex-presidente, Dilma "não percebeu que a água só estava saindo da caixa d´água, não estava entrando".
"Quando Dilma apresentou um orçamento negativo, eu me assustei. Porque eu jamais apresentaria um orçamento negativo", afirmou. Para Lula, "Dilma foi vítima do comportamento de que a política não estava no cotidiano dela". "Ela tinha dificuldade nessa relação político. Eu acho que às vezes ela achava que uma conversa era desnecessária", analisou.
Sobre um "sentimento de desesperança" na população, acentuado pelos jornalistas, Lula admitiu que o PT perdeu "parte de sua base". "Eu estou tomando tiro de escopeta todo dia", lembrou, em parte justificando sua rejeição.
Os jornalistas questionaram se não foi um erro insistir na reeleição de Dilma em 2014. Lula disse que, como não houve conversa com ela a esse respeito, ele entendeu que ela gostaria de sair candidata. "Era um direito legítimo dela, eu falei 'não vou mexer com isso'". Mas reconheceu: "Eu ganharia as eleições com muita facilidade em 2014".
Segundo Lula, sua disputa pela presidência contra o tucano José Serra em 2002 "foi civilizada". "Já com o Alckmin não foi. Parece que ele mamou até os 14 anos, empinou pipa na frente do ventilador. Fica bravo", relatou, sobre o governador paulista.
Questionado se não faltou diálogo entre ele e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso para evitar o atual clima de tensão entre petistas e anti-petistas hoje no País, Lula lembrou de sua relação sempre civilizada com o tucano. Mas fez a seguinte análise: "Eu acho que o Fernando Henrique Cardoso, como um intelectual, não soube digerir o meu sucesso".
Ele revelou que houve uma tentativa de se marcar um encontro com o cacique tucano. "Nós não temos nada um contra o outro", destacou. Mas reclamo que, após terem escolhido uma casa para a conversa, "foi um intermediário lá e no dia seguinte estava na imprensa!".
Lula defendeu o combate à corrupção, mas criticou os métodos da Lava Jato. "Juiz não tem que se preocupar com a opinião pública", alfinetou. "A Lava Jato montou um esquema de comunicação que tudo tem que sair primeiro no jornal pra poder se tornar verdade e não pelos autos", afirmou.
Questionado se tem esperança em reverter a condenação imposta pelo juiz Sergio Moro em instâncias superiores, Lula respondeu: "Eu estou que nem o técnico do Corinthians, cada jogo é um jogo. Eu acredito na Justiça". O petista voltou a pedir para que os procuradores encontrem uma prova dos crimes pelos quais ele foi condenado. "Acharam conta do Serra, conta do Aécio. Por que não acham a minha?".
Lula finalizou a entrevista dizendo que "não tem o direito de desanimar". "Eu sei porque me perseguem", afirmou. Lula lembrou que já conseguiu mais do que planejou na vida, tendo sido presidente da República e saindo com avaliação tão alta.
"Eu poderia ficar quieto, mas a política é afrodisíaca. A gente não para. Eu tenho que contribuir para esse país. Eu agora tenho obsessão em voltar. Porque é possível recuperar esse país", disse. "Eu sou capaz de provar que é possível", completou.
Assista ao vivo:


Darcy Ribeiro e os problemas do País inspiram musical

Rio Mais Brasil
Ubiratan Brasil, O Estado de S.Paulo
20 Julho 2017 | 06h00
Um produtor e uma cineasta iniciam a seleção de elenco para um filme baseado na clássica obra O Povo Brasileiro, de Darcy Ribeiro. Quando começam a rodar, são informados pelos financiadores de que a verba foi reduzida em 50%. Dias depois, o corte continuou e, do total inicial, restaram 20%. Finalmente, a produção é interrompida devido à falta de investimento. Os artistas, presos à sua fidelidade à arte, continuam o trabalho, mesmo a um custo zero.
“A cultura desponta como uma forma de aliviar a dor no mundo”, acredita Ulysses Cruz, que assina a direção de Rio Mais Brasil, o Nosso Musical, que estreia nesta quinta-feira, 20, no teatro Oi Casa Grande, no Rio de Janeiro. Trata-se de seu trabalho mais original e desafiador em relação ao processo criativo. “A gente se baseou nos problemas reais para criar nossa ficção”, completa o produtor Gustavo Nunes, cujo problema em um espetáculo foi o ponto de partida para Rio Mais Brasil.
Tudo começou em 2016, quando Nunes preparava a montagem de um musical que homenagearia o Rio de Janeiro. O cancelamento de um patrocínio quando o elenco já estava selecionado e os ensaios prestes a começar, no entanto, obrigou o produtor a desistir daquele projeto. Mas não da ideia - além de Cruz, ele contou com a persistência de outros artistas, como o diretor musical Carlos Bauzys e a atriz Cris Vianna, para formatar o espetáculo. “Quando me lembrei do Povo Brasileiro, do Darcy Ribeiro, livro que nos conduz pelos caminhos da nossa formação como nação, sugeri que a história não mais se resumisse ao Rio, mas ao País inteiro”, conta Cruz.
Variedade. O elenco vem de diversos Estados brasileiros Foto: Claudio Martins

IMPERATRIZ: ROBERTO ROCHA RECEBE O PREFEITO DE GOVERNADOR EDISON LOBÃO,  GERALDO BRAGA.


O prefeito de Governador Edison Lobão, Geraldo Braga (PC do B) foi recebido  na tarde desta quarta-feira, 18, pelo senador Roberto Rocha (PSB) no seu escritório  parlamentar, Em  Imperatriz.  Geraldo  levou ao senador algumas demandas do  município que encontram-se no Governo Federal. Do próprio senador, o prefeito  recebeu  a garantia de que as mesmas  serão acompanhadas pelo gabinete em Brasília, para agilização.
O escritório de Imperatriz foi um compromisso de campanha do senador Roberto Rocha,  para  aumentar a integração do seu mandato com a população e a classe política da região sul do Maranhão.  O Gabinete de Roberto Rocha em Imperatriz fica na Rua  Coriolano Milhomem esquina com a Barão do Rio Branco. ( Perto da Associação Médica) , no Centro da Cidade.
O senador passou parte da tarde de quarta-feira, 19, em Imperatriz. Além de receber o prefeito Geraldo Braga, o parlamentar visitou a redação do Jornal “O Progresso”,  seguindo logo depois para Porto Franco, ao encontro do deputado federal Deoclides Macedo (PDT), para prestigiar a Feira Agropecuária do município.

Selo pode certificar produtos de procedência quilombola em Santa Rita

Processo de registro histórico das comunidades quilombolas do município foi iniciado nesta semana. Benefícios do selo podem ser vários

A prefeitura de Santa Rita, por meio da Secretaria Municipal de Igualdade Racial iniciou nesta segunda-feira (17), o processo de registro histórico das comunidades quilombolas para conseguir a certificação Palmares.
O trabalho está sendo feito “in locco” nas comunidades, ouvindo as histórias da localidade e catalogando imagens guardadas, objetos preservados e enredos narrados pelos patriarcas e matriarcas locais.
A Fundação Cultural Palmares (FCP) é uma instituição vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), seu objetivo é promover a preservação dos valores culturais, sociais e econômicos decorrentes da influência negra na formação da sociedade brasileira.
Hoje em Santa Rita existem 22 comunidades quilombolas, destas, 13 são registradas. Uma das metas do prefeito Dr Hilton Gonçalo é certificar todas comunidades, por esta razão, a secretaria de Igualdade Racial (sob o comando dos secretários Lourinaldo Nunes e Davyson Juan) conta com a assessoria da antropóloga, Andréa Coelho, captando as informações e assim dando mais um passo para a certificação das demais comunidades.
O que é o Selo Quilombos do Brasil?
O Selo é um certificado de origem, que tem como objetivo atribuir identidade cultural aos produtos de procedência quilombola. O manual traz informações quanto aos benefícios de uso do Selo, à solicitação de uso da marca e a sua aplicação. Dela, podem se beneficiar núcleos de produção da agricultura familiar, membros das associações, cooperativas e pessoas jurídicas com empreendimentos nas comunidades reconhecidas.

Exposição "Pedro II -  Signos e Significados'





Quinze artistas maranhenses contemporâneos se reúnem no Museu Histórico e Artístico do Maranhão (Rua do Sol, 302 - Centro Histórico) para a exposição de Arte “Pedro II - Signos e Significados”, reproduzindo, em suas obras, interpretações sobre o Núcleo Fundacional de São Luís. A mostra será aberta no dia 27 de julho, quinta-feira, a partir das 19 horas. 


Após a abertura, a exposição estará disponível ao público do dia 28 de julho ao dia 03 de setembro, de terça a sexta, das 9h às 17h30, e sábados e domingos, das 9h às 13h. 


Artistas Convidados: Ana Borges ,Ciro Falcão .Claudio Costa ,Donato, Fernando Mendonça ,Marcos Ferreira, Marlene Barros ,Marília de Laroche, Miguel Veiga ,Paulo César ,Péricles Rocha ,Romana Maria ,Rosilan Garrido, Thiago Martins de Melo e Uimar Júnior.

Com apoio da Prefeitura e do Governo, equipe de Futebol 7 viaja para disputar Campeonato Brasileiro


Com apoio da Prefeitura e do Governo, equipe de Futebol 7 viaja para disputar Campeonato Brasileiro
Na tarde desta terça-feira (18), jovens atletas partiram rumo a Maceió em busca de um sonho. Com o apoio da Prefeitura de São Luís, através da Secretaria Municipal de Desporto e Lazer, e do Governo do Estado, o time 'Meninos de Ouro' viajou para a disputa da seletiva regional do Campeonato Brasileiro de Futebol 7, nas categorias sub-9 e sub-11. A competição será realizada entre os dias 21 e 23 de julho.
A competição é realizada pela Confederação Brasileira de Futebol 7 e contará com dezenas de times de todo o Nordeste em diversas categorias de base. Os campeões disputarão a fase nacional da competição.
"Esses jovens têm um sonho e é gratificante poder dar artifícios para que eles possam correr atrás. Nestes eventos esportivos se aprende lições que são carregadas durante toda sua vida. Fizemos o possível, juntamente com a Secretaria estadual de Esportes e Lazer para que pudéssemos ajuda-los a viajar", disse o secretário de municipal de Desporto, Rommeo Amin.
Cada categoria da equipe maranhense conta com 13 atletas, totalizando 26 jovens jogadores. A delegação saiu de São Luís rumo a Maceió com 58 pessoas, contabilizando pais e comissão técnica. Os times se classificaram para o Brasileiro após conquistarem o Campeonato Maranhense, realizado no primeiro semestre deste ano.
"Sem a ajuda da Prefeitura de São Luís e do Governo do Estado dificilmente conseguiríamos levar estes atletas para o campeonato. Eles estão treinando forte e acredito que farão uma grande competição. Vamos para representar bem o nosso estado", disse o técnico da equipe, Rogério Jansen.
Futebol 7
Futebol 7 é um esporte coletivo jogado entre dois times de 7 jogadores cada um e dois árbitros que se ocupam da correta aplicação das normas. É jogado numa quadra retangular com grama sintética, com uma baliza em cada lado da quadra. O objetivo do jogo é deslocar uma bola através da quadra para colocá-la dentro da baliza adversária, ação que se denomina gol(o). A equipe que marca mais gols ao término da partida é a vencedora.

Desespero: Mototaxista destrói moto para evitar reboque por atraso de IPVA

Você já imaginou ser parado em uma blitz e, em virtude do atraso no IPVA, ter seu veículo rebocado? Agora, imagine se você necessitasse do veículo não apenas para se locomover, mas para trabalhar. Desesperador, não é mesmo? Nesse caso, que foi amplamente divulgado nas redes sociais, inconformado, o maranhense destruiu a própria motocicleta para não vê-la sendo rebocada e, depois, leiloada. Foi pensando nessa revolta do maranhense, que apresentamos na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei 099/2017, que proíbe a apreensão, retenção e recolhimento de veículo em virtude do atraso do IPVA.
  1. Não somos contra Blitz. A fiscalização tem que existir sim, mas para combater a criminalidade, tráfico de drogas e outras coisas semelhantes, e não para rebocar veículos de maranhenses  trabalhadores. Só em 2017, o Governo do Estado já leiloou quase 2.500 veículos. Fiscalizar sim. O que não admitimos é que rasguem a Constituição Federal (art.150, IV) ao confiscar bens do cidadão.
Vocês concordam? Qual a opinião sobre nosso Projeto de Lei?
Vídeo

“É dever do Estado apoiar a família de quem comete suicídio”, defende deputado Wellington durante reunião na Procuradoria de Justiça

A defesa da vida e o combate ao suicídio no Maranhão foram os pontos elencados durante reunião que aconteceu entre o deputado estadual Wellington do Curso (PP) e a Procuradora de Justiça, Dra. Sandra Elouf. A reunião aconteceu na Procuradoria de Justiça e resultou em alguns encaminhamentos, a exemplo dos grupos de trabalho que debatam ações efetivas relacionadas ao tema.
Sobre a situação, Wellington destacou a importância dos grupos de trabalho e enfatizou o papel do Estado.
“Infelizmente, o crescimento do número de suicídios no Maranhão é uma triste realidade e isso tem nos preocupado. Já realizamos uma audiência pública para discutir o Plano Estadual de Valorização da Vida e Prevenção ao Suicídio. Precisamos identificar as famílias de quem cometeu suicídio, as causas e, assim, articular ações que previnam isso. A vida é prioridade e é dever do Estado apoiar as família de quem comete suicídio ”, disse Wellington.
A próxima reunião ficou agendada para o dia 02 de agosto, às 15h. Ocorrerá no prédio da Procuradoria e será organizada pelo Centro de Apoio de Direitos Humanos, coordenado pela Procuradora Sandra Elouf, em parceria com o gabinete do deputado Wellington do Curso. O objetivo é tratar sobre a proposta de criação do Plano Estadual de Valorização da Vida e Prevenção ao Suicídio, que será encaminhada ao Executivo, envolvendo o Tribunal de Justiça, a Secretaria de Saúde, Secretaria de Direitos Humanos e Secretaria de Educação.

Mais de 300 famílias de agricultores familiares comemoram aumento na produção de feijão



“Tirei uma produção que a gente fica admirado de ver”, comemorou o agricultor familiar João Cícero, do povoado Lago do Baiano, do município de Poção de Pedras, na Região do Médio Mearim, beneficiado com incentivos à cadeia produtiva do feijão, ação executada pelo Governo do Maranhão, por meio do Sistema de Agricultura Familiar, composto pela Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), Agência Estadual de Pesquisa agropecuária e Extensão Rural (Agerp) e Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma).
“Para mim esse programa foi uma bênção de Deus. Fico emocionada porque a gente nunca tinha sido enxergada por nenhum governo. Tudo chegou no tempo certo, o dinheiro para arar e preparar a terra, a semente ainda no período chuvoso, acompanhamento dos técnicos e batedeira para debulhar o feijão”, disse Maria Tereza, do povoado Poço de Dentro, do município de Igarapé Grande.
A felicidade estampada no rosto de João Cícero e Maria Tereza é resultado do apoio à produção deles e de mais 300 famílias em 16 municípios das regionais de Pedreiras, Bacabal e Presidente Dutra.
“A produção é um dos principais caminhos para o desenvolvimento do nosso estado. É dessa forma que o Governo do Maranhão trabalha para dar dignidade e qualidade de vida aos agricultores familiares”, enfatizou o secretário da SAF, Adelmo Soares.
O objetivo da cadeia produtiva é dinamizar e fortalecer a agricultura familiar diminuindo o trabalho árduo dos agricultores familiares, por meio de técnicas muito simples, entre as quais o inoculante (para a fixação biológica de nitrogênio), responsável por aumentar a produção em até 30%. Entre os outros benefícios, cada agricultor recebe R$ 2.700 para a compra de adubo, calcário, plantadeira, análise de solo e o pátio de secagem.
“Os agricultores estão comemorando a fartura da produção. Toda essa produtividade é resultado de assistência técnica executado pelo Governo do Estado por meio da Agerp. Seu João, dona Maria e todas as outras famílias da região tiveram aumento na produção porque houve acompanhamento técnico, com preparação do solo, dos grãos com o inoculante, espaçamento adequado da produção, quantidade de semente por cova. Tudo isso resultou no aumento da produtividade do feijão”, explicou o gestor Regional da Agerp de Pedreiras, Wilton Sousa.
Além do acompanhamento técnico, os agricultores receberam batedeira para descascar o feijão. O equipamento tem melhorado a vida deles. Seu José, por exemplo, falou que a batedeira tem ajudado bastante. Antes do equipamento o trabalho era manual, demorado, além de ter muitos desperdícios. “Agora em poucas horas temos dez sacos de feijão batido e limpinho. Nossa vida melhorou muito”, enfatizou.
Dia de Campo

Na segunda-feira (24), o Governo do Estado, por meio do Sistema SAF, realizará um Dia de Campo da Cadeia produtiva do feijão caupi, no município de Poção de Pedras, para 200 agricultores.
O objetivo do evento é disponibilizar aos produtores tecnologias de fácil implantação na produção do feijão caupi como o uso do inoculante com estirpes da bactéria rizóbio, que misturados às sementes do feijão caupi, aumenta sua produtividade e não polui o meio ambiente, colaborando assim para a conservação dos recursos naturais.
A ação em Poção de Pedra tem como meta divulgar os resultados preliminares na pesquisa com o inoculante, bem como integrar outros agricultores não beneficiários, abrangendo o maior número de pessoas e tendo um importante papel na vida do futuro desses agricultores.
Os municípios que fazem parte da cadeia do feijão são Bernardo do Mearim, Esperantinópolis, Igarapé Grande, Lima Campos, Pedreiras, Poção de Pedras, São Raimundo do Doca Bezerra, São Roberto, Trizidela do Vale, Joselândia, Santo Antônio dos Lopes, Capinzal do Norte, São Luís Gonzaga do Maranhão, Lago da Pedra, Lago do Junco e Lago dos Rodrigues

Deputado Zé Inácio parabeniza prefeita de Santa Luzia por programa Escola Decente

O deputado estadual Zé Inácio parabeniza a prefeita França do Macaquinho, do município de Santa Luzia, pelo programa Escola Decente, lançado nesta quarta-feira (19).

O programa visa a substituição de escolas barracões no município. Serão construídas escolas de 01 (uma) e 02 (duas) salas de aula e entregue as comunidades com mobiliários novos e climatizadas.

Na primeira etapa do programa serão beneficiados os povoados de Aldeia dos Vianas, Bela Vista e Maravilha.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Governo do Estado inicia pavimentação asfáltica em Arari



O secretário de Estado do Esporte e Lazer, Márcio Jardim, juntamente com o secretário chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, e do presidente da Agência Executiva Metropolitana, Pedro Lucas Fernandes, estiveram na quarta-feira (19) na cidade de Arari representando o governador Flávio Dino, para o lançamento de mais uma etapa do programa “Mais Asfalto”.
Nesta fase, o município que se localiza a 154,5 km da capital São Luís receberá 5 km de asfalto. O lançamento das atividades ocorreu na Rua do Sol, centro da cidade. “Hoje a gente inicia a aplicação de 5 km de pavimentação asfáltica, começando na Rua do Sol, mas outras dezenas de ruas da cidade serão contempladas. É sempre uma enorme alegria poder trazer serviços públicos que melhoram a vida das pessoas”, disse o gestor de Esporte e Lazer, Márcio Jardim.
O secretário chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, discorreu sobre o programa ‘Mais Asfalto’. “O projeto foi feito em parceria com a prefeitura municipal de Arari, para que houvesse o recapeamento e pavimentação de ruas, avenidas e logradouros. Nos últimos dias já passamos por Viana, Vitória do Mearim, Matões do Norte e, agora, Arari, para mostrar que quando o Governo é sério, ele coloca como prioridade as necessidades da população maranhense”, destacou.
Márcio Jardim, que é arariense, enfatizou o trabalho realizado pelo Governo do Estado em todas as áreas. “Quero lembrar que há uns 30 dias o governo Flávio Dino trouxe a Caravana Governo de Todos para a cidade de Arari e durante nosso encontro, o clamor da população foi por pavimentação asfáltica. O Governo Flávio Dino está fazendo isso em várias cidades do Maranhão, e uma das primeiras a ser contemplada é a cidade de Arari”, falou.

Mais Asfalto

O Mais Asfalto é um programa do Governo do Estado, em parceria com as prefeituras, que visa o apoio às gestões municipais na pavimentação e urbanização de ruas e avenidas. Em dois anos, o Estado já asfaltou cerca de 1000 km de vias urbanas de cidades em todas as regiões do Maranhão.


Informativo da Câmara Municipal de São Luís

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO TEM ATENDIMENTO AVALIADO COMO MUITO SATISFATÓRIO POR MAIS DE 90% DOS USUÁRIOS


Depois de 14 anos como cadeirante, Ubiratan Marques dos Santos, 60, aposentou a cadeira de rodas e já consegue dar os primeiros passos com o auxílio de um andador. Ele passou há apenas dois meses por uma artroplastia no joelho esquerdo, no Hospital Universitário da UFMA, e diz estar se sentindo muito bem. “Agradeço primeiro a Deus e depois ao pessoal do hospital pelo atendimento maravilhoso”, ressalta.

Ex-pedreiro, Ubiratan é um desses usuários que colocam o Hospital Universitário da UFMA entre as instituições públicas de saúde mais bem avaliadas do país. No quesito “atendimento da equipe de saúde: gentileza e tratamento de saúde recebido” o índice de satisfação chega a 96,27%, quase uma unanimidade. O resultado é apontado pela pesquisa de satisfação dos usuários dos hospitais universitários federais, iniciativa da EBSERH – Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares e aplicada pelas equipes da Ouvidoria de cada uma das unidades integrantes da rede.

Realizada entre 2 de maio e 3 de julho, a pesquisa foi feita com 670 pacientes/acompanhantes dos ambulatórios e das internações das unidades Presidente Dutra e Materno Infantil, que avaliaram aspectos relacionados à estrutura e atendimento. O resultado mostra que na maioria dos quesitos o índice de satisfação está acima de 70%. No item atendimento geral, 98% dos entrevistados afirmaram que indicariam o HU-UFMA para algum familiar, índice segundo os critérios da pesquisa equivalente a muito satisfeito.

O ouvidor do HU-UFMA, Pedro Germano Nobre Neto, explica que a aplicação da pesquisa leva em consideração quinze áreas físicas de ambulatórios e oito de internações.As informações coletadas servem de base para que tomadas de decisões sejam implementadas, a bem do paciente, além de evidenciar aspectos positivos executados nos diversos serviços assistenciais”, pontua.

Para a superintendente do HU-UFMA, Joyce Santos Lages, alcançar índices tão expressivos de satisfação reforça o compromisso das equipes do hospital com o atendimento humanizado prestado ao usuário do Sistema Único de Saúde – SUS. “Cuidar bem das pessoas é uma das nossas metas principais. Esse resultado aponta que o trabalho de todos os setores envolvidas tem sido reconhecido pela eficiência dos serviços prestados. Reconhecimento que nos motiva a trabalhar sempre pela melhoria da assistência ao usuário”, pondera.     

Lei de Chaguinhas garante atendimento especial a vítimas de violência sexual nos hospitais

Vereador Chaguinhas é autor da lei em favor de mulheres e crianças vítimas de violência sexual
Foi aprovado por unanimidade o projeto de Lei de autoria do vereador Francisco Chaguinhas (PP), que torna obrigatório o atendimento hospitalar diferencial multidisciplinar às crianças e mulheres, vítimas de violência sexual no âmbito do Município de São Luís.
Segundo o progressista, o projeto nasceu após várias visitas da Comissão de Defesa do Consumidor, Usuário e Contribuinte em hospitais da rede municipal. Visa a garantir o atendimento unificado, personalizado e eficiente para mulheres e crianças, vítimas de violência sexual, pois passam por situações constrangedoras por terem de se deslocar a vários pontos para receberem os atendimentos necessários.
“O projeto aprovado tem como objetivo garantir a mulheres e crianças atendimento multidisciplinar nas unidades hospitalares da rede pública, filantrópicas e privadas conveniadas ao SUS. Com isso, sejam efetivados tratamentos através de procedimentos integrados e de ações, para possibilitar às vítimas, desse tipo desprezível de violência, o menor nível possível de constrangimento pessoal e a maior rapidez e eficácia em sua recuperação”, disse.
ENTENDA MAIS SOBRE O PROJETO
1- As unidades hospitalares públicas, filantrópicas e privadas conveniadas ao Sistema Único de Saúde no âmbito territorial do Município de São Luís deverão oferecer às vítimas de violência sexual atendimento multidisciplinar, para o controle e tratamento dos diferentes impactos da ocorrência, tanto no aspecto físico como emocional das respectivas vítimas.
2- O atendimento imediato torna-se obrigatório em todas as unidades hospitalares que tenham pronto atendimento e serviços de Ginecologia. Compreende os seguintes procedimentos:
I – Diagnóstico e reparo imediato das lesões físicas no aparelho genital e no aparelho digestivo;
II- Amparo Psicológico imediato;
III – Registro imediato da ocorrência e pronto comunicado à delegacia especializada, com informações que possam ser úteis para a identificação do agressor e comprovação da violência sexual, sendo a vítima pessoa maior de dezoito anos ou pessoa vulnerável;
IV – Medicação para prevenir possíveis doenças sexualmente transmissíveis;
3 – Os hospitais e similares de que trata esta Lei ficam obrigados a se aparelharem com equipamentos e recursos técnicos e humanos especializados para o atendimento primário e a recuperação física, psicológica e assistencial a crianças e mulheres, vítimas de violência em âmbito sexual.

Biofertilizante Verdão chega ao Agropolo Rio Tocantins


Depois da grande aceitação entre os produtores dos Agropolos da Ilha e do Rio Tocantins, o Biofertilizante Verdão, desenvolvido pela desenvolvido pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), chegou ao Agropolo Rio Tocantins, composto pelos municípios de Imperatriz, Governador Edison Lobão, João Lisboa e Buritirana.

Os produtores assistidos não só receberam o biofertilizante para uso nas propriedades, como tiveram a oportunidade de aprender a produzir o insumo, em oficina ministrada na Exposição Agropecuária de Imperatriz (Expoimp), junto aos técnicos agrícolas dos municípios. Mais de 60 mil litros de biofertilizante Verdão já foram distribuídos nos Agropolos.

“O biofertilizante tem sido um sucesso nos demais Agropolos já implantados e certamente serão um reforço importante para o aumento da produção e da produtividade dos agricultores do Agropolo Rio Tocantins, onde a hortifruticultura tem enorme potencial”, reforça o secretário da Sagrima, Márcio Honaiser.

Composto de adubos orgânicos, como esterco bovino e de frango, vegetais diversos, como bananeira e cana de açúcar, rapadura e aceleradores biológicos de compostagem, o Verdão deixa as frutas mais robustas, suculentas e atraentes e as hortaliças com verde mais vivo e surgiu da necessidade de uma solução de baixo custo e alta rentabilidade para recuperação de solos desgastados.

Além disso, com o uso contínuo do Verdão, é possível obter produtos agrícolas mais saudáveis, manter o equilíbrio da natureza, preservando a fauna e os mananciais de águas e aumentar a resistência da planta contra a ocorrência de pragas.

O agrônomo Antônio Paulo Anderson, de Governador Edison Lobão, ressaltou a transformação que o uso do biofertilizante representa. “Geralmente, os agricultores ficavam sem adubar, porque não têm condições de comprar um adubo químico, sem contar que o bio é orgânico e não vai prejudicar a lavoura deles”, disse. 

Marcelo Poeta faz  balanço dos trabalhos e apresenta resultados concretos e positivos


O vereador Marcelo Poeta (PC do B) fez um balanço das    atividades no primeiro semestre de 2017 – durante os trabalhos da 19ª Legislatura – e apresentou resultados concretos e positivos em benefício da população de São Luís, especialmente dos moradores do Anil, Vila Isabel Cafeteira Cohab da Zona Rural.
O parlamentar destacou que – por meio de proposições apresentadas na Câmara Municipal e encaminhadas pela Mesa Diretora da Casa às autoridades competentes – foi possível concretizar importantes pleitos cobrados pela população, especialmente os relacionados com o setor de infraestrutura urbana.
Recentemente, Marcelo Poeta conseguiu a retomada dos trabalhos de recuperação da camada asfáltica danificada pelas fortes chuvas que caíram sobre a cidade nas ruas Tarquínio Lopes, São Jorge, Piquizeiro, e dos trabalhos de pavimentação na Matança e na 2° Travessa São Jorge, localizadas no Bairro do Anil.
Os benefícios foram cobrados pela população e solicitados pelo vereador Marcelo Poeta, por meio de requerimentos e indicações, encaminhadas ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior, ao governador Flávio Dino e aos secretários da Sinfra e da Semosp. As obras no Anil estão inseridas no Programa ‘Mais Asfalto’.
COMPROMISSO DE TRABALHO   
Com menos de três meses de trabalho o vereador promoveu a 1° Copa Marcelo Poeta; 1° Gincana Renascer do Anil; 1° Presépio Natalino; Cantata Natalina; a Iluminação de Natal; inaugurou o reparo do Poço do Alto do Pinho; adquiriu o ônibus do bairro; iniciou a recuperação dá UBRA e implantou água na Rua 2 do Piquizeiro.
O parlamentar conseguiu também a solução definitiva do problema da passagem de água na Rua da Borboleta; a implantação de quebra-molas na Rua José Sarney, com continuação de meios-fios; o início de produção de bloquetes; o calçamento da 2° Travessa São Jorge e o Melhor Carnaval do Anil.

Poeta conseguiu ainda o trabalho de inclusão e passeios com as crianças do Alto do Pinho; a recuperação emergencial da Av. São Sebastião; o início dá recuperação da Rua São Luís, na Izabel Cafeteira; a Iluminação do Campo do Nascente; a limpeza do canal e o Trabalho de recuperação da Estrada do Batata, em Itapera.
Diante do dedicado, brilhante e incansável trabalho realizado em apenas seis meses de mandato, Marcelo Poeta tem sido alvo de elogios da população beneficiada e dos próprios colegas na Câmara Municipal de São Luís. O parlamentar promete continuar trabalhando pelas comunidades da capital maranhense.

Deputado Wellington volta a se reunir com aprovados de Matões do Norte para preparar denúncia ao Ministério Público

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) recebeu em seu gabinete, na Assembleia Legislativa do Maranhão, uma comissão de aprovados no concurso público de Matões do Norte. A reunião é um dos encaminhamentos da audiência pública, que aconteceu na última quinta-feira, dia 13.
Durante a reunião, foram coletados dados e informações quanto às denúncias referentes à Administração Pública, que serão encaminhadas à Promotoria.
“A audiência foi o momento inicial em que ouvimos a população quanto às reclamações. Agora, coletamos os dados e informações que fundamentam as denúncias quanto às contratações irregulares e nepotismo. O objetivo é apurar essas denúncias e, então, combater atos imorais como os supostos”, disse Wellington.

Governo participou da Expoimp ampliando oferta de capacitação a pequenos e médios produtores



A Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp) participou da 49ª Exposição Agropecuária de Imperatriz (Expoimp), realizada de 8 a 16 deste mês. Promovida pelo Sindicato Rural de Imperatriz (SinRural), com apoio do Governo do Estado, a  Expoimp é um espaço de comercialização de bovinos de alto nível e de disponibilização de conhecimento para o público, principalmente os médios e pequenos produtores.
Para o presidente da Agerp, Júlio César Mendonça, a oportunidade foi importante para movimentar a economia local e incentivar a realização de negócios. “A Expoimp envolve pequenos e médios produtores da região, o que é importante”, observou.
O Escritório Regional da Agerp no município de Imperatriz contribuiu na disseminação de conhecimento durante a Expoimp. Promoveu cursos como inseminação artificial de bovinos e de irrigação, em parceria com a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). Também foram realizadas palestras e cursos de temas como ‘Dispensa de Licenciamento Ambiental para pequenas propriedades’, ‘Tomate, melancia e fertirrigação’, e ‘Hortaliças’.
“A participação da Regional da Agerp na Expoimp foi muito importante e produtiva. Toda a equipe técnica esteve envolvida levando informação e conhecimento ao público”, informou o gestor da Agerp Imperatriz, Bento Humberto.