segunda-feira, 30 de junho de 2014

Um jeito novo de fazer política


Por Carlos Wellington  
Sou pré-candidato a uma vaga de Deputado Estadual e hoje é um dia muito importante em minha vida, pois está sendo realizada a convenção do PPS, partido do qual orgulho-me de ser vice-presidente da Executiva Nacional e presidente municipal. Por este partido,100% de mim, enquanto estiver afinizado com meus princípios e minha ética.
Hoje, 30 de junho – após 2 anos – me veio à memória um episódio na minha vida, no qual o meu direito como cidadão que sou de votar e ser votado foi cruelmente violado; quando nas últimas eleições, fui impedido de candidatar-me a vereador, sendo vítima dos piores sentimentos humanos: inveja, falsidade, covardia e intransigência.
Ainda não sabia, à época, quando as pessoas estavam sorrindo para mim ou de mim. Hoje sei  perfeitamente que nossas atitudes são o espelho do nosso caráter.
Na oportunidade, filiado ao PSL, fui impedido, de forma antidemocrática, de concorrer ao pleito de 2012. Nem sequer pude participar da convenção do partido o qual era filiado e havia concorrido em 2010 para Deputado Federal.
Tenho certeza absoluta que é possível acreditar no novo e na mudança para melhor. Desacreditar disso é o mesmo que desacreditar de nossos ideais. Portanto, o episódio narrado deu-me forças para lutar pelo fim ou amenização da constante violação dos direitos que nós, cidadãos, sofremos. Aquele foi um dos piores dias já vividos por mim. Saí da convenção humilhado e descrente dos ideais políticos, mas não na sociedade.
Percebi que, na política, há aqueles que caminham por estreitas veredas: são os políticos preocupados em mudar a sua situação presente. Infelizmente, algumas pessoas têm preço, eu tenho valores. Não desisti e recorri à Justiça Eleitoral, na tentativa de reparar o desrespeito aos meus direitos, concorrendo, assim, à eleição sub judice. Com essa experiência, pude perceber o quanto represento e carrego os anseios do povo maranhense, especialmente os ludovicenses, que me agraciaram com seus votos de confiança.
A lição que tirei de tudo isso, compartilhei com os eleitores que me prestigiaram com seus votos conscientes. Essas pessoas de bem que comungaram dos mesmos ideais e agregaram novos aliados. É por isso que jamais devemos desistir. Devemos sonhar sim, mas sem perder o chão e a meta de vista, sempre acreditando na RENOVAÇÃO E NA
POSSIBILIDADE DE MUDANÇA POLÍTICA. A alternância de poder é essencial para uma democracia saudável; e é em nome dela que hoje alegro-me com a possibilidade de representar os maranhenses no Legislativo Estadual, buscando através de um jeito novo de fazer política: com independência e coerência!

Candidaturas de Roberto Rocha ao Senado e Flávio Dino ao Governo do Estado são oficializadas


Centenas de políticos, lideranças comunitárias, jovens e movimentos sociais, vindos em caravana de todo o estado, participaram do ato
A Convenção da Mudança, ocorrida no domingo, 29, reuniu milhares de pessoas que disseram sim as candidaturas de Flávio Dino a governador e Roberto Rocha a senador. Com todos os representantes do Partido do Maranhão (reunião das legendas PSB, PCdoB, PDT, PPS, PSDB, PROS, PP, PTC e Solidariedade) presentes, o discurso defendido foi o da mudança.
Caravanas vindas de todo o estado reafirmaram ontem o desejo do povo maranhense de mudar o sistema político do estado e se juntaram a Flávio Dino e Roberto Rocha em um único sentimento: mudança.
Roberto Rocha falou, em seu discurso, da importância da mudança também na representação no Senado, na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa para que Flávio Dino sendo eleito tenha parlamentares que compartilham o mesmo objetivo que é mudar os índices em todas as áreas do Maranhão.
“Queremos mostrar que um novo Maranhão é possível com oportunidade para todos. Vamos juntos mudar essa realidade ruim do nosso Estado”, disse Rocha.
Em seu discurso, Dino agradeceu a todos pela união em torno da oposição no estado e enalteceu a postura de partidos que demonstraram grandeza e humildade ao abrir mão de projetos próprios para intensificar a força do Partido do Maranhão.
“Estamos juntos para escrever uma nova história para nosso estado. É em nome de grandes maranhenses como Neiva Moreira, Maria Aragão e Jackson Lago que continuamos esta luta e reafirmamos que nenhum império dura para sempre. Chegou a hora de proclamarmos a república e derrubar o coronelismo em nosso estado”, declarou Flávio Dino.
Carlos Brandão, candidato a vice-governador na chapa da oposição, lembrou que a Convenção com a presença de todos somente foi possível porque os projetos pessoais de cada representante partidário foi posto de lado em nome da unidade da oposição.
Entre os participantes da Convenção da Mudança estava a deputada estadual de São Paulo, a cantora Leci Brandão (PCdoB). Ela, que foi um dos destaques do ato, afirmou que em toda sua trajetória nunca havia visto uma convenção com tanta diversidade como a que estava sendo realizada naquele momento.
Leci Brandão cantou a emblemática canção “Oração Latina” em homenagem a união de todos os partidos da oposição para derrotar a oligarquia que domina o Maranhão há 50 anos.

Os Sonhos nunca Envelhecem


Há 32 anos, submeti meu nome à Convenção de um partido, para poder concorrer a um cargo eletivo: o de deputado estadual pelo Maranhão. O partido era o PMDB e não era o meu partido real. O real era o PcdoB, pelo qual eu não poderia concorrer já que ele era ilegal, proscrito, clandestino.

O resultado da eleição levou-me à Assembleia Legislativa como o primeiro deputado do PcdoB no Maranhão. Na Assembleia, fiz um mandato voltado para a defesa dos trabalhadores, especialmente os do campo, vitimados pela grilagem e pela pistolagem, facilitadas pela Lei de Terras instituída à época de José Sarney governador (1966-70).

Vivíamos os últimos anos da ditadura militar que, mesmo nos estertores, continuava reprimindo, torturando e matando. E, no Legislativo, abraçamos a luta pelas eleições diretas para presidente, já que esse direito havia sido cassado aos brasileiros pela ditadura. Defendemos a realização de uma Assembleia Nacional Constituinte, que criasse uma nova ordem institucional democrática, devolvendo-nos o Estado de Direito.

Essas lutas foram vitoriosas, já que nela estavam empenhados milhões e milhões de brasileiros e, no ano que vem, poderemos celebrar 30 anos de regime democrático, o mais longo período que o Brasil viveu sem golpes ou retrocessos.

Uma outra bandeira, que levantávamos já àquela época, não se fez ainda vitoriosa. É a conquista de um Brasil socialista, independente, soberano, de paz e fraternidade.

É verdade que as conquistas democráticas se aprofundaram neste período, mas continuamos submetidos a um sistema capitalista que, periodicamente, lança o mundo na crise, deixando ao desalento milhões de trabalhadores no mundo inteiro. Vivemos uma dessas crises, iniciada em 2007, cujos efeitos persistem até hoje. Nosso País, conseguiu se livrar das sequelas mais profundas da crise, como o desemprego, a queda no nível de vida da população, a incerteza quanto ao dia de amanhã, como acontece em dezenas de países mundo afora. Mas, assistimos ao retorno da inflação, ao aumento da dívida pública, ao baixo crescimento econômico.

Só o socialismo garantirá a permanente elevação do nível de vida das grandes maiorias trabalhadoras e dará efetividade às conquistas democráticas que já alcançamos e as levará a um novo patamar. É nessa perspectiva que o PCdoB defende a adoção de um Novo Projeto de Desenvolvimento, que nos leve a um novo ciclo civilizatório.

Maduro no embates que travei nos quase 40 anos em que exerci mandatos e cargos públicos no Estado, submeto mais uma vez o meu nome à Convenção Estadual do PcdoB, que escolherá os candidatos às eleições majoritárias e proporcionais deste ano.

Chego à Convenção com a experiência adquirida, mas com os mesmos sonhos que acalanto há tanto tempo. Sonho de ver um Brasil sem miséria, onde a potencialidade de nossa juventude possa se afirmar através da obtenção do conhecimento e da conquista de emprego; em que a cultura seja acessível a todos e não apenas a uma minoria; em que o esporte e o lazer sejam incentivados e sejam direito de todos em todas as faixas etárias; em que o analfabetismo seja apenas uma memória de um passado distante; em que as riquezas de nosso País sejam para o usufruto de nossa população e das gerações futuras; que o respeito ao meio ambiente seja parte de nossa cultura porque se veja ao defender o meio ambiente o próprio ser humano que dele faz parte.

Se é verdade que o Brasil mudou nestes quase 30 anos, verdade também é que o Maranhão não acompanhou essas mudanças. A oligarquia que domina o Estado há quase meio século, deixou o Maranhão no atraso e com os índices sociais mais deploráveis. Temos condições de, agora, mudar esta situação, elegendo Flávio Dino ao governo do Estado e tornar o Maranhão contemporâneo do Brasil.

Como diria Raul Seixas, nosso maluco beleza genial, “Sonho que se sonha só é só um sonho que se sonha só. Mas sonho que se sonha junto é realidade”.

Agora é oficial Zé Inácio Deputado Estadual




Durante convenção do Partido dos Trabalhadores, na última sexta-feira (27), Zé Inácio teve a sua candidatura como candidato a Deputado Estadual oficializado. Zé Inácio é um dos dirigentes políticos dos mais influentes na defesa do Desenvolvimento Sustentável e da Agricultura Familiar no atual cenário maranhense.


A trajetória política do candidato a deputado estadual pelo PT, Zé Inácio é marcada pela luta, na defesa da melhoria da qualidade de vida do homem e da mulher do campo, por meio do acesso as políticas públicas de qualidade, voltadas para a redução das desigualdades de pobreza no Maranhão.


Ainda muito jovem Zé Inácio iniciou sua militância política no movimento estudantil e como advogado atuou em defesa dos direitos humanos, dos trabalhadores e trabalhadoras rurais e da população negra nas seguintes instituições: Sociedade Maranhense de Direitos Humanos, Federação dos Trabalhadores (as) Rurais do Maranhão (FETAEMA), Comissão Pastoral da Terra (PT), Centro de Cultura Negra (CCN). Na Justiça Global atuou junto a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (OEA) tendo como destaque os seguintes processos: deslocamentos compulsórios das famílias quilombolas de Alcântara e o caso dos meninos emasculados. Atuou como membro da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MA).


Como Delegado do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) no Maranhão, Zé Inácio teve uma atuação mais voltada para a implantação dos programas do governo Lula, tais como: os Territórios Rurais, o Programa Territórios da Cidadania, os Colegiados Territoriais, os Projetos de investimento para os Municípios rurais (casas familiar rural, agroindústrias, centros de comercialização, etc), Crédito para Agricultura Familiar, através do PRONAF, criação e apoio aos assentamentos rurais e outras ações de infra estrutura, sócio-econômica e produtiva.

No período em que esteve Superintendente Regional do Incra no Maranhão, Zé Inácio fez uma gestão orientada para a reforma agrária, num dialogo permanente com as organizações da sociedade civil e órgãos executivos e judiciários, objetivando o desenvolvimento das áreas de assentamentos, melhoria de vida e cidadania às famílias assentadas.
Em 2013, O Maranhão foi um dos Estados que teve mais áreas desapropriadas; Foi o Estado que criou o maior número de assentamentos no País, ficando em primeiro lugar entre as Superintendências do Nordeste quanto à quantidade de famílias assentadas.

Durante a Convenção do PT – Na última sexta-feira (27), durante convenção do PT no Centro de Convenção Paulo Freire, na UFMA. O pré-candidato a deputado estadual Zé Inácio foi conclamado em sua chegada por centenas de lideranças de vários municípios Maranhenses. Estiveram presentes caravanas de Alcântara, Brejo, Bom Jardim, Bequimão, Chapadinha, Itapecuru, Itinga, Santa Rita, todas para dar apoio à candidatura de Zé Inácio (PT).
Da grande São Luís esteve presente, lideranças dos bairros do Anjo da guarda, Cidade Operária, Coroadinho, liberdade, Madre de Deus, Paço do Lumiar, Ribamar e Turu.

PCB e PSTU lançam Josivaldo Corrêa e Saulo Arcangeli, respectivamente a governador


G1/Maranhão

A candidatura do professor Josivaldo Correa Silva (PCB), 47 anos, ao governo do estado para as eleições de outubro de 2014 foi oficializada na convenção do partido, realizada na manhã deste sábado (28), no Sindicato dos Vigilantes do Maranhão (Centro).

O PCB lança candidatura própria, com chapa pura. Para Josivaldo, a prioridade do grupo é definição de políticas públicas voltadas para os anseios do trabalhador."Nossa campanha não vai ser uma campanha eleitoral, vai ser uma campanha movimento, de propostas do nosso partido. Nossa questão é mais ligada à questão do popular, à participação do povo, do trabalhador, à produção de educação e saúde ligados ao trabalhador".

O candidato afirmou que a linha de trabalho do grupo é baseada na produção do trabalhador para o trabalhador. "Não vamos dizer aqui que vamos mudar o Maranhão ou o Brasil com propostas mirabolantes. Antes precisamos bater em uma questão-chave: que á questão do sistema econômico, das grandes empresas, do agronegócio, da macroeconomia. Essa postura nos leva a fazer uma campanha de conscientização do eleitor maranhense", afirmou.

PSTU


No Sindicato dos Bancários do Maranhão (Centro), o PSTU também oficializou candidatura própria ao governo do estado: o professor universitário Saúlo Arcângeli, que terá a professora universitária Ana Paula como candidata a vice. Para o Senado, o nome lançado pelo PSTU é de Marcos Silva.


“A chapa está totalmente formada, com nomes exclusivamente do PSTU. Nós tentamos fazer alianças em nível nacional com PSOL e PCB, mas não conseguimos sair com a frente. O importante é que cada partido coloque seus programas, até porque cada um tem suas ideologias", afirmou Arcângeli.

Com pequeno espaço na televisão, o PSTU vai adotar estratégias para que as propostas de governo cheguem até o eleitor. "Infelizmente, há mais de um ano parece que a campanha já iniciou, e há uma polarização de duas candidaturas, mas nós esperamos que a partir de agora todas as candidaturas sejam respeitadas e esse processo seja democrático Nosso partido não tem muito espaço na televisão, temos muita dificuldade de ir para as mídias, por isso vamos usar muito as redes sociais", concluiu.

Eu vou ser govenador de todas as famílias do Maranhão", afirma Flávio Dino

Blog marrapá

Durante seu discurso na Convenção da Mudança, realizada pelo PCdoB, PDT, PSB e PPS, com participação também de PSDB, PP, PTC, PROS, Solidariedade e Militância Petista, que aconteceu na manhã deste domingo (29), no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, em São Luís, e contou com a presença de mais de dez mil pessoas, Flávio Dino homologou sua candidatura e enfatizou suas propostas para governar o estado. “Nenhum império dura para sempre. Nós iremos proclamar a república no Maranhão”, afirmou.

Após discorrer sobre a situação atual do saneamento básico no Maranhão, onde metade da população não tem água e banheiro em casa, Flávio falou sobre a criação do programa “Água para Todos”, que pretende levar água encanada e banheiro a todos os que não os possuem. Ao saudar a juventude, Flávio Dino garantiu a construção de Universidades estaduais regionalizadas, com autonomia administrativa, para ampliar o número de vagas gratuitas e públicas e aproximar as instituições das comunidades. Além disso, garantiu a criação das escolas técnicas estaduais. “Nós vamos garantir escolas técnicas estaduais, integradas ao ensino médio, para a juventude do nosso estado”, afirmou.

Flávio também falou sobre a situação da saúde no Estado, lembrando pacientes que esperam um longo tempo por vagas em hospitais públicos. Flávio enfatizou a criação do “Mais Médicos” estadual. “O programa significa formar médicos maranhenses, apoiar as escolas de medicina do estado do maranhão, fazer uma carreira boa aos médicos daqui para que eles possam se dedicar aos maranhenses”, declarou.

Quando falou da segurança, Flávio Dino relembrou que atualmente a cidade passa por um momento de insegurança geral. Para isso, falou sobre o programa “Pacto pela Vida”, que vai dobrar o número de policiais e garantir segurança as famílias.

No campo da Assistência Social, o Programa “Minha Casa, Meu Maranhão” transforma o governo do estado em parceiro do Governo Federal, e vai reformar ou construir 200 mil casas. Além disso o Cadastro único dos Programas Sociais no Estado do maranhão vai permitir ampliar e integrar os programas sociais dirigidos à erradicação da pobreza no Estado. O programa Bolsa Família do Governo Federal será ampliado com o Cartão Material escolar, que vai garantir verba para ajudar na compra de materiais escolares para as crianças em idade escolar.

Ao final de seu discurso, Flávio Dino confirmou seu compromisso com o público: “Eu não vou ser governador da minha família, mas de todas as famílias do Maranhão”, ressaltou.


O ato político também oficializou as candidaturas de Carlos Brandão a vice, e também os candidatos a deputados estaduais e federais.

Fábio Câmara irá se candidatar a Deputado Estadual…

Blog do Marcos D' Eça

fabioEm Convenção, realizada na última sexta-feira, do PMDB, o vereador Fábio Câmara também anunciou e confirmou sua candidatura a Deputado Estadual no pleito de 2014.
Segundo Fábio, a decisão partiu de um chamado do seu partido. O peemedebista se reuniu em convenção para homologar os nomes da agremiação partidária que concorrerão aos cargos disponíveis nas eleições 2014.
Eu e o PMDB somos municipalistas porque é no município que as pessoas vivem. Porém, a política é pensada a partir da união e dos Estados o que, na prática, limita, e muito, as ações de um vereador. Eu quero ser esse elo entre o legislativo municipal e o lconvencaopmdb1egislativo estadual. Em 1 ano e meio como vereador, eu fiz do poder do meu mandato um instrumento a serviço do transporte público; dos cooperativados; dos educadores; da cultura e da saúde. Mas, sinto que posso e devo mais e melhor representar a nossa gente – afirma o parlamentar ao explicar os motivos de sua candidatura.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Universidade Federal do Maranhão, em respeito à opinião pública acadêmica, vem a público se posicionar sobre a nota de repúdio divulgada esta manhã pela Associação dos Professores da UFMA, em mais uma tentativa de denegrir a imagem da instituição junto à Sociedade Civil e dizer que:

1- A UFMA foi procurada por vários partidos políticos, solicitando espaços com capacidade técnica para a realização de suas convenções, mas somente o PT e o PMDB formalizaram o pedido, conforme processo administrativo aberto na Prefeitura da Cidade Universitária, com parecer jurídico positivo da Procuradora Geral da União;
2- Segundo a Lei Geral das Eleições, Nº 9.504 de 30 de setembro de 1997 e, conforme redação dada pela Lei Nº 12.891 de 2013; artigo 8º, parágrafo 2º, informa que: “para a realização das convenções de escolha de candidatos, os partidos políticos poderão usar gratuitamente prédios públicos, responsabilizando-se por danos causados com a realização do evento
3- A UFMA, hoje, possui os melhores espaços para a realização de grandes eventos como os que aconteceram ontem (27) e, inclusive, tem cedido o local para eventos de várias naturezas, sem esquecer a prioridade da agenda de eventos da própria instituição;
4- A mesma Lei orienta que “a escolha dos candidatos pelos partidos e a deliberação sobre coligações deverão ser feitas no período de 12 a 30 de junho do ano em que se realizarem as eleições, lavrando-se a respectiva reunião em ata em livro aberto, rubricado pela Justiça Eleitoral, publicada 24 horas depois nos meios de comunicação”.
5- Apesar da Lei informar que a liberação de espaços deve ser gratuita, a instituição cobrou à titulo de cobertura dos custos operacionais e eventuais danos, os partidos políticos fizeram os respectivos pagamentos na conta única de UFMA, mediante GRU;
6- A Administração Superior da UFMA ressalta ainda que, ao longo dos últimos anos, tem mantido com todos os partidos políticos o mesmo tratamento de cortesia institucional, principalmente, em razão dos recursos técnicos e financeiros que tem recebido de todas as representações políticas para a execução das ações que tem transformado a universidade num espaço de excelência e qualidade pública;
7- A política desenvolvida pela UFMA com todos os partidos políticos tem sido o de respeito mútuo; consideração pela coisa pública e responsabilidade com uma educação de qualidade em todos os níveis para o Maranhão;
8- A UFMA é uma instituição pública, cujo único posicionamento político é o de somente trabalhar para a comunidade acadêmica e não partidarizar as suas ações como afirma levianamente a APRUMA. Esta sim, substituiu a sua política em prol das causas dos professores em partidarismos de plantão para privilegiar meia dúzia de pessoas que vivem de “fazer política” vazia e que nada tem desenvolvido a favor da instituição.


São Luís, 28 de junho de 2014

Administração Superior da UFMA

sábado, 28 de junho de 2014

Prefeitura inicia recapeamento da Avenida São Sebastião pelo Plano de Melhorias para o Trânsito

A Prefeitura de São Luís iniciou mais uma importante fase dos serviços de infraestrutura para a implantação do Plano Estratégico de Melhorias no Trânsito. Na manhã desta sexta-feira (27), foi iniciada a fase de recapeamento da Avenida São Sebastião, no Anil, que, a partir das modificações para aperfeiçoamento da mobilidade urbana na cidade, será um importante acesso ao corredor de ônibus Anil-Centro.
O prefeito anunciou o plano em maio deste ano e está visitando os locais em obras. “Já avançamos nas obras no Anil e na Avenida dos Holandeses e já estamos iniciando em outros pontos da cidade, para agilizar melhorias na mobilidade urbana da cidade”, declarou Edivaldo.
Para garantir a infraestrutura adequada ao fluxo de veículos que transitará pela via, a aplicação da camada asfáltica está sendo reforçada com uma espessura de mais cinco centímetros. Os trabalhos foram intensificados com a mobilização de duas equipes da Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Semosp). Somente neste primeiro dia do serviço de recapeamento foram aplicadas 60 toneladas de massa asfáltica à via.
“A pavimentação da Avenida São Sebastião é uma obra do plano de governo do prefeito Edivaldo que, além da qualidade, vai melhorar a trafegabilidade dos veículos, sobretudo reduzindo o tempo no percurso dos ônibus”, disse o secretário de Obras e Serviços Públicos, Antônio Araújo.
O serviço de recapeamento será feito paralelamente à conclusão da fresagem da avenida. O trabalho de fresagem consiste na retirada da camada asfáltica irregular para nivelamento da via e já foi realizado em 40% da extensão da avenida, que compreende 1,7 km ligando a Avenida Casemiro Júnior ao retorno da Cohab. As equipes da Semosp também farão a revitalização das sarjetas.
De acordo com condutores e moradores do bairro, o avanço das intervenções já apresenta resultados positivos para quem precisa passar pela avenida. “Eu nem lembro qual foi a última vez que fizeram alguma coisa aqui no Anil, mas acho muito bom porque nós que utilizamos moto sentimos mais as dificuldades do trânsito. Já conseguimos perceber uma melhora e esperamos que cada vez melhore mais”, afirmou a moradora Bianca Silva.

Pensamento semelhante é compartilhado pela moradora Fátima Ribeiro que mora no bairro há 49 anos. “Tem mais de cinco anos a última vez que vieram recuperar a avenida. Está sendo muito bom para os moradores, antes, quando chovia, ficavam muitas poças por conta dos buracos e quando os carros passavam molhava tudo. Espero mais melhorias e a avenida vai ficar bonita”, disse.


sexta-feira, 27 de junho de 2014

Lobão Filho agora é oficialmente candidato a governador do Maranhão

Blog do Diego Emir

O senador Lobão Filho (PMDB), candidato ao governo do Maranhão, com apoio de 18 partidos políticos, assumiu nesta sexta-feira (27), no Centro de Convenções Paulo Freire da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), o compromisso de transformar o Maranhão em um celeiro de produção e de oportunidades, com distribuição de renda e justiça social.



“Escolhemos aqui, a UFMA, para realizarmos a nossa convenção por ser um símbolo emblemático do conhecimento e berço do saber. Assim, vai ser o nosso governo com acesso ao estudo e, logo após a sua conclusão, ingresso ao mercado”, enfatizou.

Lobão Filho mandou ainda um recado duro àqueles que definem o Maranhão como um estado miserável. “O Maranhão é sim, um estado de homens trabalhadores, mulheres guerreiras e jovens aguerridos. Com a nossa vitória vamos implantar um programa de governo para a geração de novas oportunidades de negócios e trabalho e melhor distribuição de renda”, assinalou ao relatar o trabalho que vem sendo desenvolvido há anos por seu grupo político de pavimentação de “Maranhão de desenvolvimento” e que agora “consolidará com maior inserção aos bens de consumo de parte significativa da população”.

Ao homenagear o seu pai, o ministro Edison Lobão, Lobão Filho diz ter honra do pai que tem. “Esse homem (Edison Lobão) tudo me ensinou na vida. Se ingressei na vida pública foi por sua causa. Tive a honra de seguir seus passos por 32 anos e aprender muito”.

O candidato Lobão Filho também se referiu à governadora Roseana Sarney e agradeceu o estímulo a suceder a liderança política do grupo Sarney. “Essa mulher (Roseana) muito fez pelo Maranhão. O Maranhão vai mudar sim. Mas, é Roseana para Lobão Filho”, garantiu confiante na vitória em 05 de outubro.

Ao lado da sua família, o pai (Lobão), a mãe (Nice), esposa (Paula Lobão), os filhos Tatiana e Lucas, e o genro (Marco Regadas), Lobão Filho fez questão de enfatizar que o seu esteio estar em sua família: “uma família muito unida e de trabalho”. Oportunidade em que sua mãe, a deputada federal Nice Lobão pediu a palavra para anunciar a sua aposentadoria e passar o bastão para o filho: “esse menino muito vai fazer pelo nosso Estado. É um homem sério, digno e trabalhador”.

O presidente nacional do PMDB, senador Waldir Raupp, que prestigiou a convenção do PMDB do Maranhão disse estar confiante na vitória de Lobão Filho. “Em nome do vice-presidente Michel Temer quero ressaltar que essa magnífica convenção é um símbolo da nossa vitória e da grande governabilidade e do amplo programa de governo que vamos continuar colocando em prática nessa aliança do PT com o PMDB”.

O ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, muito emocionado declarou que o seu filho (Edinho Lobão) vai sucedê-lo e realizar um grande trabalho pelo Maranhão. “Essa convenção é o símbolo da nossa vitória”. O senador João Alberto também foi enfático ao destacar a vitória do Maranhão vencedor é certa. “Não precisamos de aventureiros. Precisamos sim, de um homem experiente e trabalhador. Vamos eleger Lobão Filho”, conclamou.




Apoio – “Vamos vencer e vencer no primeiro turno”, disse confiante a governadora Roseana Sarney ao destacar que vai deixar a política partidária, mas “nunca o trabalho que ao longo de anos realiza pelo Maranhão”. Agora, disse a governadora: “Lobão Filho vai continuar esse trabalho. Trabalho de um Maranhão grande e forte. Sempre fiz política ao lado de Lobão e João Alberto. Agora, estamos nos despedindo e passando a liderança do nosso grupo ao Lobão Filho com plena convicção na continuidade desse grande trabalho que sempre realizamos”.

O PT marcou presença com uma comitiva expressiva. O pré-candidato a deputado federal Fábio Gondim (PT) falou da força do Partido dos Trabalhadores para garantir a eleição do candidato Lobão Filho. “Somos o partido mais forte do Brasil, com maioria de representantes no Congresso Nacional. Temos também muita força no estado, mas nossa maior força vem dos nossos militantes e o candidato Lobão Filho pode contar com ela”, garantiu.

O ex-secretário estadual de meio ambiente dirigente do PV, Washington Rio Branco, falou da expectativa do partido para os próximos 90 dias de campanha. “Esperamos que nosso candidato continue com a linguagem política que vem atingindo o povo do Maranhão de forma audaciosa e simultaneamente amorosa. Confiamos que essa inovação na fala representa também inovação no governo, com foco tecnológico, industrial e ambiental”.

Prefeitura realiza Censo para traçar perfil de aposentados e pensionistas

A Prefeitura de São Luís, por meio do Instituto de Previdência e Assistência do Município (Ipam), inicia na próxima terça-feira (1º) uma extensa campanha de mobilização para a realização do Censo Previdenciário da Prefeitura de São Luís, que será realizado no mês de agosto. O objetivo da ação é traçar um perfil de cada aposentado e pensionista para atendê-lo melhor, em atendimento à política de valorização do servidor estabelecida pelo prefeito Edivaldo.
A partir de uma análise individual, ações efetivas serão desenvolvidas e direcionadas de acordo com as condições sociais, econômicas e de saúde desse público alvo. No município de São Luís, são 5.858 beneficiários, dentre os quais 4.362 aposentados e 1.496 pensionistas. A realização do censo é amparada e recomendada pelo Ministério da Previdência para todo órgão municipal.
Segundo a presidente do Ipam, Carolina Moraes Estrela, além de promover o melhor equilíbrio financeiro ao Patrimônio Previdenciário, o levantamento vai permitir ao instituto elevar a qualidade e contribuir para a melhor concessão dos benefícios. “Promover esse censo significa estender olhares humanísticos à Previdência e vê-la além dos princípios econômicos. É valorizar, tratar com cuidado e respeito os beneficiários e os benefícios previdenciários”, ressaltou Carolina Estrela.
Os recenseadores iniciarão os trabalhos no dia 1º de agosto. A estratégia é colocar equipes em locais de fácil acesso, como shoppings e terminais de integração, e será disponibilizado um telefone específico para informações.
Os servidores inativos responderão a um questionário e terão que apresentar documentos pessoais e funcionais (portaria de pensão, título de proventos, decreto de aposentadoria), além de comprovante de residência. Quem não reside mais em São Luís deverá fazer uso de procuração específica.

SAÚDE
A partir do censo, o Ipam fará a revisão dos benefícios previdenciários e implantará serviços como o plano de saúde e o Programa da Farmácia, além de diversas ações. Com a análise individual de cada aposentado e pensionista, será possível traçar um perfil de saúde e identificar, por exemplo, quantos cardiopatas, diabéticos, entre outros casos, existem no município para melhor atendê-los.
O censo será executado pela empresa Prime Saúde, especializada nesse tipo de serviço e vencedora da licitação. Ela fará uma criteriosa análise de riscos e traçará o perfil de saúde dos servidores inativos do município de São Luís. Serão 30 dias de divulgação e mobilização para o Censo, durante todo o mês de julho, com mídia, panfletagem, mensagens nos contracheques e outras formas de abordagem.

Prefeitura divulga aprovados na primeira fase do Brasil Alfabetizado

A Prefeitura de São Luís, através da Secretaria de Educação (Semed), divulgou lista com os 388 candidatos aprovados na primeira fase do seletivo de voluntários para atuar no Programa Brasil Alfabetizado (PBA). Os nomes podem ser consultados no Portal da Prefeitura (www.saoluis.ma.gov.br) e na Superintendência da Área de Jovens e Adultos (Saeja) da Semed, na Rua de São João, no Centro.
O titular da Semed, Geraldo Castro, ressaltou a importância do programa. “Obedecendo a determinação do prefeito Edivaldo, o programa Brasil Alfabetizado tem cumprido com destreza a tarefa de diminuir o analfabetismo em nossa cidade. A parceria com as associações comunitárias, entidades beneficentes e igrejas é de grande importância para nos ajudar a alcançar esse objetivo, garantindo cidadania e dignidade para todas as pessoas da nossa cidade”, disse.
No total, 230 vagas estão disponíveis para alfabetizador, coordenador e intérprete de Libras. Nesta primeira etapa, de caráter eliminatório, foram analisados os currículos dos candidatos às vagas. A segunda fase constará de prova objetiva e discursiva, prevista para ser realizada na próxima quinta-feira (3), das 14h às 18h, na Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Alberto Pinheiro, na Rua do Passeio, no Centro.
O resultado final deve ser divulgado no dia 17 de julho. Aos aprovados, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) disponibiliza uma bolsa-auxílio no valor mensal de R$ 400 a R$ 600, de acordo com a função desempenhada e o número de turmas a que está vinculado no PBA.
Desenvolvido pelo Ministério da Educação desde 2003, o Programa Brasil Alfabetizado (PBA) é voltado para a alfabetização de jovens, adultos e idosos. O objetivo é promover a superação do analfabetismo entre jovens com 15 anos ou mais, adultos e idosos e contribuir para a universalização do ensino fundamental no Brasil.

EXPERIÊNCIA POSITIVA
Regina Lindoso, que já participou do PBA como alfabetizadora, descreveu a sensação de trabalhar no programa. “Minha maior alegria foi quando vi os meus alunos lendo e escrevendo. Quando vi que eles escreveram as palavras pela primeira vez no quadro, para mim isso já valeu por tudo”, disse a professora.
A superintendente da área de Educação de Jovens e Adultos da Semed, Áurea Borges, destacou a importância das parcerias locais. “Com o trabalho que os líderes têm nas comunidades, nós acreditamos que é possível combater o analfabetismo em nossa cidade”, afirmou Áurea Borges.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Câmara de São Luís aprova jornada semanal de 30 horas para profissionais de enfermagem

Blog do Mario Carvalho
Vereador Dr. Gutemberg Araújo
Enfermeiros, técnicos, auxiliares e atendentes de enfermagem de São Luís poderão ter uma jornada de trabalho semanal de até 30 horas. Para obterem essa conquista, foi aprovado na manhã de hoje (25), pela Câmara Municipal, um projeto de iniciativa do vereador e médico Gutemberg Araújo (PSDB).

A proposta é considerada pelo parlamentar como apenas o passo inicial de uma luta da categoria. "É só o começo, pois a partir de agora, outras esferas seguirão a mesma linha, como por exemplo as instituições de saúde particulares”, disse. 

Após a aprovação da matéria pelo Legislativo, a proposta segue para o prefeito Edivaldo Holanda Junior (PTC), que sancionando a proposta a transformará em Lei.“Trata-se de uma antiga reivindicação dessa categoria, o que representa um direito trabalhista e de justiça e da defesa que interessa a toda a sociedade e uma luta pessoal ao longo de minha carreira médica e política”, afirmou o vereador tucano.

Mostrando dados, ele disse que a maioria dos profissionais de enfermagem é do gênero feminino, e que “apesar do grande contingente numérico e da influência decisiva de seu trabalho na qualidade das ações de saúde, esse grupo profissional não dispõe, até hoje, no Brasil, de nenhuma proteção legal a seu trabalho”.Para o social democrata, “a redução da jornada de trabalho da enfermagem contribuirá para diminuir o desgaste físico e emocional de mulheres que são profissionais, mães, donas de casa e esposas”.

Prefeitura certifica professores e comunidade em curso de Braille

A Prefeitura de São Luís, através da Secretaria de Educação (Semed), certificou os 42 participantes do curso de Braille realizado durante o primeiro semestre deste ano. A formação teve carga horária de 120 horas e foi voltada para professores da rede municipal de ensino e para a comunidade em geral. A entrega dos certificados ocorreu no auditório da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Luís Viana, na Alemanha.
“Nunca na história da nossa cidade foram oferecidas tantas vagas para capacitar os professores em Educação Especial. Mais do que certificados, os alunos deste curso estão aptos a desenvolver suas atividades para o avanço de uma educação verdadeiramente inclusiva, uma das principais metas do prefeito Edivaldo Holanda Júnior”, afirmou o titular da Semed, Geraldo Castro.
O curso teve o objetivo de promover o conhecimento acerca do sistema Braille, possibilitando tanto o entendimento do sistema de comunicação como o aperfeiçoamento das relações interpessoais com as pessoas que têm deficiência visual. Foram abordados temas como “Conceito de Deficiência Visual”, “Alfabeto Braille”, “A Comunicação e a Relação Interpessoal com a Pessoa Cega”, entre outros.
Além do curso de Braille, a Semed disponibilizou no início deste ano outras duas qualificações na área de Educação Especial: Educação Especial em Contexto e o curso de Libras, totalizando 450 vagas para docentes e para a comunidade. No segundo semestre deve ser oferecido o curso de Soroban, instrumento que facilita o ensino da Matemática para os estudantes cegos.

EXPERIÊNCIAS
Professora da rede municipal há 12 anos, Teresa Santos foi aluna do curso de Braille e afirma que hoje se sente mais segura para receber um aluno com deficiência visual. “Acreditamos que a inclusão é possível e que todos são capazes de aprender. Devemos tratar de igual para igual o que alguns tratam como diferente”, concluiu.
José de Ribamar Mesquita, instrutor do curso, destacou a necessidade dos professores estarem sempre preparados para receber os estudantes. “O professor pode escolher a matéria para lecionar, mas não pode escolher a quem vai ensinar. Ele deve estar sempre preparado para não ter dificuldades para ensinar quem quer que seja”, disse.
Para assegurar o aprendizado dos alunos com deficiência, a Semed disponibiliza ainda a figura do professor itinerante, que auxilia o professor da turma regular na execução de suas atividades. “Nossa função é fazer com que os estudantes com alguma deficiência participem de todos os momentos da sala de aula. Acredito que todos são capazes de aprender e essas crianças nos inspiram a sermos melhores pessoas e profissionais mais dedicados”, contou a professora itinerante Josiane dos Reis.

Com o objetivo de melhorar o atendimento aos estudantes cegos, a Prefeitura de São Luís inaugurou no início deste mês o núcleo de produção em Braille. O objetivo é garantir mais celeridade na produção das atividades e do material a ser usado em sala de aula. “Os nossos alunos cegos não precisarão mais esperar tanto tempo para que as atividades cheguem até eles”, explicou a superintendente da área de Educação Especial da Semed, Dalvina Ayres. 

No terreiro da Maria faltou os Tambores de Crioula do Maranhão em 2014

Se devemos considerar que a FUNC avançou quando se propôs a elaborar sua programação de São João por meio de edital que selecionou as brincadeiras juninas, o mesmo não aconteceu com a distribuição dos 30 grupos de tambor de crioula na grade de programação do arraial da Maria Aragão em 2014. Se em anos anteriores se via pelo menos um tambor de crioula por noite e no dia nacional do tambor de crioula vários grupos na praça, este ano para nossa surpresa apenas alguns grupos compuseram a programa cultural do evento batizado de Terreiro da Maria. O mais contraditório é um terreiro sem tambor de crioula, mas já não sabemos o que se passa pela cabeça dos nossos atuais produtores culturais. E claro para quem acha que talvez isso não seja nada, vejamos o seguinte: muitos grupos de tambor de crioula tem as vezes a oportunidade única de mostrar o seu trabalho exatamente no São João que acontece apenas uma vez no ano. A concorrência frente a outras brincadeiras chega a ser desleal, enquanto vemos por exemplo a ascensão cada vez mais de grupos alternativos, os grupos tradicionais tanto de tambor de crioula como de boi de zabumba dependem em muito das ações do poder público já que não possuem um poder midiático e muito menos estão atrelados aos grandes padrinhos políticos coronéis da produção cultural no Maranhão. Não manter pelo menos 15 grupos na grade oficial de apresentação na Maria Aragão foi um ato de desrespeito de quem não conhece a cultura popular e o pior desconsidera que hoje o tambor de crioula é patrimônio imaterial do Brasil. Neste sentido, fazemos um pedido ao atual presidente da FUNC que reveja em sua equipe que está a fazer isso com o tambor de crioula. Caso isso continue a acontecer teremos sérios problemas em dialogar com o poder público municipal, nós não acreditamos que as mudanças venham exatamente acontecer para prejudicar os segmentos da cultura popular historicamente excluídos como o tambor de crioula. Por tudo isso, torno público aqui a minha indignação como a falta de transparência e diálogo da FUNC com o comitê gestor de salva guarda do Tambor de Crioula que este ano em momento nenhum foi chamado para dialogar e contribuir já que possui experiência, talvez assim poderíamos evitar mais este desgaste que gera na mente de muitos e muitos tambozeiros a imagem de que está em execução mais uma forma de exclusão cultural e social, afinal também temos o direito de participar da festança municipal no Terreiro da Maria Aragão. Neste sentido alertamos: Acorda Chico Gonçalves ! Acorda Prefeito! Respeitem o Tambor de Crioula do Maranhão! Respeitem a Cultura Popular!
José Antonio Pinheiro Junior (Catatau)
Tambozeiro, musico, coreiro e boiero
Professor do IFMA
Mestrando em Cultura e Sociedade na UFMA
Membro da Comissão Nacional dos Pontos de Cultura do Brasil
Membro do Comitê de Salva Guarda do Tambor de Crioula do Maranhão

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Maranhense candidata a vice-presidente da República, diz: que Flávio Dino não representa nenhuma mudança

Blog do Ludwig

A candidata a vice-presidente, professora Cláudia Durans que é companheira de chapa do candidato a presidente da República pelo PSTU, Zé Maria esteve em Teresina na tarde de ontem (24) para participar da convenção do partido. O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) foi o primeiro partido a requerer junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registro de candidatura à Presidência da República.


A candidata a vice-presidente da República, Cláudia Durans, é ativista dos movimentos contra o racismo e contra o machismo, e também é militante do movimento sindical na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), onde é professora do curso de Serviço Social. Foi diretora do Sindicato Nacional dos Docentes de Instituições de Ensino Superior (Andes).



Durante sua passagem por Teresina a professora Cláudia Durans concedeu entrevista para o jornalista Ademar Sousa (clique aqui) sobre as eleições do Piauí e do Maranhão.



Quando perguntada sobre o pré-candidato ao governo do Maranhão, o comunista Flávio Dino a professora Cláudia Durans não poupou críticas. Ela reconhece que Flávio Dino é um homem inteligente e o conhece dos tempos em que eram filiados ao PT no Maranhão, além de serem colegas professores da UFMA.



“O Flávio tem compromisso com o agronegócio, o PC do B tem como vice um filiado do PSDB, concretamente nós não acreditamos que esse tipo de aliança faça com que a situação do povo do maranhão vá mudar as condições de vida do nosso povo”, desabafou Cláudia Durans.



Para a militante socialista, o silêncio de Flávio Dino em relação à greve dos professores da prefeitura de São Luís comanda pelo seu aliado político, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior, que já dura mais de um mês, demonstra a falta de interesse e compromisso do candidato ao governo maranhense com a categoria e a educação.



“Efetivamente Flávio Dino não representa a mudança para o Maranhão, é trocar de seis por meia dúzia”, afirmou Cláudia Durans.

PASTOR BEL, O MELHOR NOME PARA COMPOR A CHAPA DE EDINHO LOBÃO



Pastor Bel e Edinho Lobão
Após idas e reviravoltas do cenário político maranhense, temos hoje um fator que vem causando polêmicas nas composições de chapas majoritárias: O CANDIDATO A VICE-GOVERNADOR. Na chapa da oposição encabeçada por Flávio Dino havia um acordo desde 2012 que dava como certo o PDT indicar o candidato a Vice. Após o partido indicar o nome, foi surpreendido pela decisão do próprio candidato do PC do B de substitui-lo por um nome do PSDB: o deputado federal Carlos Brandão. Com o argumento de ter um partido forte e com mais tempo de televisão para sua campanha. Agora na reta final das articulações políticas maranhenses, depara-se com a mesma polêmica para a composição de chapa do candidato governista, o senador Edinho Lobão (PMDB). De um lado, surge a sugestão de Sarney Filho, de indicar o deputado estadual Vitor Mendes, filho de Filuca Mendes (prefeito de Pinheiro), neto de Dedeco Mendes, que também foi prefeito de Pinheiro. De outro lado, nasce o nome do líder evangélico da Assembleia de Deus com influências nos inúmeros municípios do estado onde tem atuação efetivamente: Pastor Bel.

Suplente do senador Edison Lobão Filho, (PMDB), Heber Waldo Silva Costa, mas conhecido como Pastor Bel é um dos nomes cotados para compor a chapa majoritária de Edinho Lobão.

Pastor Bel é pastor da Igreja Assembleia de Deus na cidade de Lago dos Rodrigues, tendo em Pedreiras - sua cidade natal, um importante ponto de apoio. Pois, é onde tem massificado sua atuação apesar de percorrer os 217 municípios levando sempre a palavra de Deus e respectivamente a conscientização política como base essencial para a cidadania de um povo.


Pastor Bel que na última eleição chegou a se lançar como candidato ao senado pelo PP- Partido Progressista, surpreendeu a política maranhense com sua perspicácia, mostrou força principalmente junto à comunidade evangélica, que tocados com o slogan: “A Fé vai te levar”, percorreu todo o Maranhão, chamando a atenção de muitos caciques políticos do Estado com sua intenção de votos comprovados nas pesquisas. Após algumas reviravoltas políticas, o Pastor teve que renunciar e ficar na composição da chapa como segundo suplente do Senador Edson Lobão.


Bel pastoreou a Assembleia de Deus de Poção de Pedras ao longo de nove anos. Nesse período, foi responsável pela construção da maioria das congregações espalhadas pelos bairros da cidade e em localidades rurais do município. Bel também foi o responsável pela nomeação da maioria dos atuais pastores assembleano que trabalham nas congregações poçopedrenses. Outro título interessante aclama o Pr. Bel de Santo Casamenteiro, pois ele foi o grande incentivador de casamentos entre os casais de namorados crentes. Foram incontáveis os casamentos realizados pelo Pr. Bel.

Hoje, o suplente de Senador que inicialmente pleiteava disputar a vaga ao Senado pelo PEN – Partido Ecológico Nacional, possui o apoio de um grupo de empresários e da CEADEMA (Convenção Estadual da Assembleia de Deus do Maranhão) que colabora para encarar a árdua política para o governo do Estado na condição de vice- governador.

No último dia 18, o PEN presidido pelo deputado estadual Jota Pinto aprovou em sua resolução a indicação do nome do Pastor Bel para compor a chapa majoritária do senador Edinho Lobão (PMDB).

A aclamação do nome do Pastor Bel para concorrer a este pleito, nasceu em função do seu trabalho missionário pelo interior do Maranhão como membro da igreja Assembleia de Deus. A cada dia a pré-candidatura ganha mais força e apoio por todos os locais em que passa. Atualmente o Pr. Bel tem recebido inúmeros apoios para essa composição majoritária com Edinho Lobão.

E porque Pastor Bel? Simplesmente pela força da liderança do Pastor Bel mais conhecido como “Arrasta Povão de Jesus”

Para Bira do Pindaré, criação do FUNDEMA é uma estratégia imoral de se tentar comprar as eleições‏

A criação do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios do Maranhão (FUNDEMA) voltou a ser pauta dos debates da Assembleia legislativa, na manhã desta terça-feira (24). O deputado estadual Bira do Pindaré (PSB) ressaltou que não estava presente em plenário no dia da votação e lembrou que não houve qualquer discussão e a tramitação foi em caráter de urgência.
O parlamentar considerou a criação do FUNDEMA uma estratégia grosseira, imoral, de se tentar comprar as eleições deste ano no Estado do Maranhão. Para Bira, a oligarquia do pai da Governadora sabe que no voto não ganhará as eleições e por isso, montam um método para tentar comprar a eleição. 
“Tem gente soltando foguete e dizendo: agora está resolvido, agora tem dinheiro, agora nós vamos comprar a eleição, agora não dá mais para ninguém, nós vamos ganhar. Essa é a conversa e quando dizem: quem vai ganhar é a máquina, leia- se: quem vai ganhar é o dinheiro”, denunciou Bira. 
Para o socialista, o Juiz maranhense Marlon Reis, que foi notícia no fantástico com sua obra: O nobre deputado; vai ter que escrever outro livro do Cândido Peçanha, do nobre deputado, para contar a história da criação do FUNDEMA. Bira ressaltou que a oposição usará todas as prerrogativas, meios institucionais, mecanismos da justiça democrática no País para derrubar a criação do FUNDEMA.
“Vamos inclusive questionar a criação desse fundo, não pensem que vai ficar assim. A luta nesse ano é totalmente diferente, ninguém aqui está brincando de fazer eleição, ninguém aqui está tratando com criança, nós sabemos quais são as formas, já aprendemos ao longo do tempo, porque essa história vem se repetindo, mas dessa vez não vai ser convênio, nem derrama de dinheiro que vai mudar o desejo do povo de transformar a realidade do Maranhão”, garantiu Bira.  
Para Bira, essa tentativa de comprar a eleição foi elaborada nos porões do Palácio dos Leões para tentar insuflar a candidatura do pré-candidato da Oligarquia. “Esquema para comprar voto não assusta, porque não vai prosperar, a justiça está sabendo, as pessoas estão acompanhando o debate e nós vamos estar de perto agindo, para que esse esquema poderoso de abuso de poder econômico e de poder político, não prospere no Maranhão”, concluiu.

terça-feira, 24 de junho de 2014

Zé Inácio visita áreas de assentamentos em Urbano Santos e Belágua


O pré-candidato a deputado estadual pelo PT Zé Inácio realizou visita a vários assentamentos na região do Baixo Parnaíba
Zé Inácio apresenta suas propostas a assentados de Urbano Santos e Belágua
Ao lado da prefeita de Urbano Santos, Iracema Vale (PT), Zé Inácio apresenta propostas a grupos de assentados
O ex-superintendente do Incra, Zé Inacio (PT), acompanhado da prefeita de Urbano Santos, a também petista Iracema Vale, prestigiou a inauguração da Unidade Básica de Saúde da Família do município. Também prestigiaram o evento o ex-secretário de estado das cidades Hildo Rocha, ex-deputado Paulo Neto, vereadores de Mata Roma, vereadores de Urbano Santos (Gavião, Roussean, Natir Claudete, Layde Ramos), ex-prefeito Aldenir e secretários.
Na oportunidade, a prefeita Iracema Vale (PT) apresentou Zé Inácio (PT) á população. “Com a cidade em festa aproveito o momento para apresentar a todos uma figura que sempre lutou pelo desenvolvimento rural e sustentável do nosso estado. Zé Inácio é um jovem com garra que têm uma trajetória política voltada para a reforma agrária e em defesa do homem do campo”, discursou Iracema Vale.
Em seu discurso, Zé Inácio falou da sua trajetória política e de algumas ações já realizadas enquanto esteve como superintende do Incra visando melhorias para o homem do campo. “Enquanto superintendente do Incra centenas de famílias de trabalhadores rurais foram assentadas, o que colocou o Maranhão em primeiro lugar entre as superintendências do Nordeste”, destacou Zé Inácio.
Belágua
No município de Belágua, ainda no Baixo Parnaíba, o ex-superintendente do Incra fez visita a mais três assentamentos, Trizidela, Santa Clara e Conceição – todos fazem parte do Projeto Casulo(localizados próximos à área urbana). Com um total de 90 famílias.
Aos assentados, o pré-candidato a deputado estadual (PT), Zé Inácio falou sobre os acessos as politicas públicas, como os benefícios do Programa Nacional de Reforma Agrária, energia elétrica, água, moradia pelo Programa Minha Casa Minha Vida, créditos agrícolas e assistência técnica para garantir a produção de alimentos nos assentamentos. “O acesso às políticas públicas através do Programa Nacional de Reforma Agrária poderá ajudar essas famílias a mudar de vida e assim gerar emprego e renda”, comenta Zé Inácio.
O presidente da associação dos produtores de Santa Clara, Domingos Sousa Dutra, falou da importância da presença de Zé Inácio naquele povoado. “Precisamos de pessoas que tem comprometimento com a nossa realidade e Zé Inácio é uma pessoa pública comprometida com a nossa situação. Ele sempre lutou pela causa dos menos favorecidos e nós contamos com ele para mudar a realidade de nós que vivemos no campo”, declarou.