domingo, 14 de abril de 2013

“SEM” DIAS DE GOVERNO




Após cem dias de governo, tempo suficiente para todo e qualquer governante mostrar para que veio, o blog cumpre a difícil missão de reconhecer que o governo Holanda Jr mostra-se um retumbante fracasso. A caótica e lamentável situação da cidade de São Luis continua, a Ilha afunda a cada dia, parece que serpente encantada que habita nosso subterrâneo de fato está acordando e com seu despertar o fim da nossa história.
Para um governante que se diz próximo e até conselheiro da presidenta, a penúria financeira e estrutural que vive o município que governa é no mínimo estranha. Para um município que possui o privilégio de ostentar uma secretaria de assuntos estratégicos em Brasília e esta não é capaz de arregimentar recursos, parcerias e benesses, então tem algo de muito podre pelas bandas de lá. Para um governante que ostenta um quadro de intelectuais como núcleo básico do seu secretariado, o descaso que se observa com a ilha é no mínimo uma prova de incompetência.
A triste constatação é que o governo Holanda Jr não tem a mínima idéia de como administrar um município do porte de São Luis, como se não fosse suficiente, além de não ter noção, também não tem projeto outro senão eleitoreiro e mais uma vez a população ludovicense foi enganada, trocando o chicote pelo açoite e sentindo a cada dia a qualidade de vida piorar. Que destino teve as propostas para a melhoria do trânsito? O reajuste do preço das passagens e conseqüentemente a melhoria da frota de ônibus que serve a população? A melhoria da mobilidade urbana? Melhoria da sustentabilidade? A diminuição da poluição visual e sonora? A melhoria da infraestrutura turística? A eficiência da máquina pública municipal? Cem dias são mais que suficiente para que todas essas iniciativas fossem sentidas pela população.
Além de todos estes problemas não resolvidos, por falta de competência, falta de projeto e excesso de secretários ignorantes, o governo Holanda Jr sem perceber começa a repetir o mesmo erro do governo Jackson Lago, ao caminhar por um falho processo de comunicação cuja conseqüência imediata é além do isolamento a inviabilização política no médio prazo.
Apenas para lembrar, a justificativa da falta de recursos para fazer aquilo que é urgente e necessário, não passa de LOROTA, pois a historia mostra que com menos recursos financeiros, mas com muito mais inteligência, JK construiu não apenas Brasília como também transformou Belo Horizonte.

2 comentários:

  1. Até tú "Brutus"? kkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Tem que abrir as portas, sou de esquerda e preciso ser respeitado

    ResponderExcluir