quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Deputado Zé Inácio participa da entrega de ônibus escolares

 

O deputado Zé Inácio participou na terça-feira (17) da entrega ônibus escolares a 18 municípios maranhenses. O evento, que ocorreu no Palácio Henrique de La Rocque, é uma parceria entre o Governo do Estado e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).
Após a assinatura do termo de doação, as chaves dos ônibus foram entregues aos prefeitos de cada cidade contemplada. Os veículos estavam estacionados no pátio do Palácio e farão o atendimento a estudantes da rede pública, residentes na zona rural.
O deputado Zé Inácio destacou a importância de ações do Governo para a área da Educação. “Não se pode falar em educação, principalmente no Maranhão, sem transporte escolar, já que a maioria da população vive na zona rural. Para garantir a presença dos alunos é indispensável um transporte de qualidade que os leve até as escolas”, afirmou.
Outro destaque feito por Zé Inácio foi a parceria entre o Governo do Estado e os municípios. “Essa parceria entre Governo e município, a partir do compromisso do governador Flávio Dino, garante um apoio ainda maior para as cidades. Um desses exemplos é o programa ‘Escola Digna’”, ressaltou. O ‘Escola Digna’ é uma política educacional instituída pelo governador Flávio Dino, que tem entre seus objetivos estratégicos a transformação de escolas em espaços dotados de condições necessárias para processo de ensino e aprendizagem.
Nesta etapa foram contemplados os seguintes municípios: Fernando Falcão, Santana do Maranhão, Bela Vista, Capinzal do Norte, Cururupu, Junco do Maranhão, Pio XII, Arari, São José de Ribamar, São João do Paraíso, Turilândia, São Domingos do Azeitão, Amarante do Maranhão, Fortuna, São Luiz Gonzaga, São Francisco do Maranhão, Turiaçu e Cajapió.


terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Deputado Wellington percorrerá os 217 municípios “Ouvindo o Maranhão”

Wellington abordou pontos importantes, como mandato popular e a necessidade de ouvir e permanecer perto do povo
“Vou percorrer os 217 municípios maranhenses”, anunciou na tarde desta segunda-feira (16), o deputado estadual Wellington do Curso, durante entrevista concedida ao jornalista Diego Emir no programa Conversa Franca da Rádio Capital AM. Na oportunidade, ele ainda falou que seu objetivo sera ouvir as demandas mais urgentes da populacao, por isso vai retomar o programa “Ouvindo o Maranhão”. Esta é mais uma ação a ser promovida pelo seu gabinete.
Ainda durante a entrevista, Wellington abordou pontos importantes como mandato popular e a necessidade de ouvir e permanecer próximo da população maranhense.
“Para nós, a participação popular é muito importante. Por isso, desde 2015, priorizamos esse contato direto com a população. Para 2017, priorizamos essas visitas, mas dessa vez, percorreremos os 217 municípios maranhenses. Daremos continuidade ao ‘Ouvindo o Maranhão’, projeto que já resultou em proposições na Assembleia Legislativa. Ouvir a população, certamente, é o que enriquece o nosso mandato popular, alem de transformar em ações que possam efetivamente transformar a vida da população do nosso estado”, disse Wellington.

Polícia usa bombas de gás para conter detentos em nova rebelião em presídio no RN

Detentos do presídio de Alcaçuz, na grande Natal, voltaram a se rebelar nesta terça-feira como parte de uma briga entre facções criminosas que já deixou ao menos 26 mortos, e uma fonte das forças de segurança do Rio Grande do Norte disse que a polícia recorreu a bombas de gás para evitar que membros de um grupo atacasse presos rivais.
No quarto dia seguido de instabilidade no presídio, imagens de TV ao vivo mostravam detentos circulavam livremente pelo pátio e por telhados de pavilhões da unidade com pedaços de pau e pedras, além de facas.
De acordo com a Polícia Militar do Rio Grande do Norte, homens do batalhão de choque e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) estão agindo dentro do presídio para conter a rebelião. Imagens de TV, no entanto, não registram a presença das forças de segurança.
Uma fonte das forças de segurança disse por telefone, sob condição de anonimato, que a polícia estava agindo em um ponto determinado do presídio tentando conter membros da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) que tentavam invadir uma área dominada por um grupo rival.
"O choque e o Bope estão nesse momento segurando o pessoal a base de gás e bombas", disse a fonte por telefone.
O governo do Rio Grande do Norte chegou a anunciar na segunda-feira que a situação no presídio havia sido controlada após a entrada da polícia, mas presos voltaram a caminhar pelo pátio e por telhados da unidade nesta terça.
A polícia potiguar transferiu na segunda cinco presos que pertenceriam ao PCC sob suspeita de terem liderado o motim.
O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, disse que as mortes em Alcaçuz foram uma vingança do PCC por um ataque sofrido por membros da facção em um presídio de Manaus no início do ano, em que 60 pessoas foram mortas.
"É uma vingança pelo caso do Amazonas, que aconteceu infelizmente no meu Estado", afirmou o governador a repórteres em Brasília após reunião com o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, pare pedir o reforço de homens da Força Nacional de Segurança.
A violência no presídio de Alcaçuz teve início no sábado e já deixou ao menos 26 mortos, aumentando o caos no superlotado sistema penitenciário do país. Mais de 130 pessoas já morreram em brigas entre facções criminosas desde o início do ano em prisões do país.
De acordo com autoridades do Estado do Rio Grande do Norte, o motim do fim de semana começou quando membros do PCC invadiram um pavilhão onde rivais descansavam. Como em rebeliões anteriores neste ano em outros Estados, alguns detentos foram decapitados e alguns corpos podem ter sido parcialmente queimados, de acordo com fontes área de segurança do Estado.
Por trás do derramamento de sangue nas prisões do país está uma disputa crescente entre algumas das mais poderosas facções criminosas pelo tráfico de drogas.
(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro; Edição de Alexandre Caverni)

Eduardo Vargas quer jogar no Fla e aguarda definição do futuro até sexta-feira

 
A incansável busca do Flamengo por um atacante de ponta pode estar chegando ao fim. Isso porque o Rubro-Negro, além de aguardar uma resposta oficial do Atlético Nacional por Berrío, pode acertar o empréstimo do atacante Eduardo Vargas.
O jogador de 27 anos, que pertence ao Hoffenheim, está na mira do Rubro-Negro e apesar do clube alemão desejar vende-lo para o mercado chinês, o atacante quer jogar pelo Flamengo.
Vargas confidenciou a pessoas próximas o desejo de retornar ao futebol brasileiro e a preferência é vestir a camisa Rubro-Negra. Ele entende que uma transferência para o futebol chinês hoje não seria atrativa para sua carreira.
O atacante espera uma resposta do Hoffenheim até sexta-feira (20) para que o martelo seja batido e ela possa, enfim, acertar com o Flamengo por empréstimo de um ano.

Sedel promove Encontro Estadual de Secretários e Gestores Municipais do Esporte e Lazer do Maranhão

 
O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), promove, nos dias 20 e 21 de janeiro, em São Luís, o Encontro Estadual de Secretários e Gestores Municipais do Esporte e Lazer do Maranhão. A abertura do encontro acontece nesta sexta-feira (20), às 8h30, no auditório do Palácio Henrique de La Rocque. O evento vai debater ações que contemplam o fortalecimento e desenvolvimento da prática esportiva no estado.
 
De acordo com o secretário de Esporte e Lazer, Márcio Jardim, o encontro é um momento para ouvir aqueles que fazem, na ponta, a execução das políticas de esporte e lazer em seus municípios. “Queremos, com esse encontro, manter um diálogo permanente com os municípios através dos novos gestores, compartilhar informações sobre as ações e projetos realizados pela Sedel nos últimos dois anos, assim como a implantação das políticas do esporte e lazer no Maranhão”, explicou Jardim.
 
O Encontro conta com a participação do governador Flávio Dino, do ex-jogador de futebol Roberto Dinamite e de representantes do Ministério do Esporte. A programação traz palestras sobre os programas e ações do Governo do Estado para o esporte e lazer no ano de 2017; projetos do Ministério do Esporte voltados para estados e municípios; balanço, avanços e novo regulamento dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs); e esclarecimentos sobre elaboração de projetos e captação de recursos pela Lei Estadual de Incentivo ao Esporte.
 
“Com esse encontro vamos incentivar a participação dos municípios nos JEMs, maior competição estudantil do estado; o desenvolvimento de projetos sociais que possam ser contemplados pela Lei de Incentivo, possibilitando a criação de novas ações que venham beneficiar os maranhenses e fortalecer o exercício da cidadania de todos pelo esporte”, ressaltou o secretário de Esporte e Lazer.